Qual é o melhor processador de computador? | Como escolher!

Se você pretende construir um computador do zero ou melhorar o seu equipamento atual, a peça mais importante será o processador!

Como ele é o cérebro do computador e determina o quão rápido e se ele é capaz de realizar cada atividade, você irá querer possuir o melhor custo benefícios ( claro, quem não quer?), já que a potência estará diretamente relacionada com o quanto você quer gastar.

Neste caso, não basta só você comprar um processador incrível para ter uma ótima performance, mas sim otimizar todos os equipamentos juntos para criar um sistema que funcione de forma a extrair o melhor de cada peça.

Para facilitar a vida de você, preparamos um guia que aborda quais são os melhores processadores de computador e qual é a melhor forma de fazer uma escolha segura!

1º Passo

Definição de Orçamento e Necessidades 

A primeira pergunta que é feita na hora de fazer montar ou fazer uma atualização de computador é: “para que irei usá-lo?”. A segunda é: “quanto dinheiro eu tenho para que ele seja capaz de realizar isto?”

A grande questão é que talvez você esteja gastando mais dinheiro do que precisa, ou que simplesmente não vai conseguir, de forma alguma, rodar o que você precisa com o seu orçamento. Processadores variam de preço entre R$200 e mais de R$2000 e variam ainda mais de capacidade de processamento.

Saber o que você precisa e delimitar um preço para o seu processador fará com que você não acabe se decepcionando.

2º Passo

AMD or Intel

amd vs intelUma das questões mais discutidas sobre processadores e uma das mais importantes é a sua marca: AMD ou Intel?

As duas são as principais concorrentes no mercado de computadores e notebooks, e cada uma trabalha com um tipo de placa mãe que não conversa com a da marca oposta. Então se você escolher uma delas, terá de trocar diversas outras peças para fazer seu computador funcionar novamente.

De forma resumida, a AMD trabalha com produtos bem mais baratos do que a intel e com processamento bastante parecido até equipamentos na faixa de R$750. Depois disto, a Intel se sobressai com seus processadores Core-i7, que podem chegar a até mais de R$3000.

Se você precisa de um computador com processamento mediano e não precisa aumentar a potencia no futuro, provavelmente os equipamentos da AMD vão ser um custo benefício melhor do que a Intel. Se você precisa de um equipamento de rendimento alto, para utilização profissional, vá de Intel. 

 

3º Passo

Configurações

Núcleos

número de núcleos é, atualmente, um grande chamariz para as marcas de processadores. Faz pouco tempo que estas opções não existiam, mas como os processadores chegaram ao seu limite de aquecimento após os 3Ghz de clock Speed, o mercado teve de se adaptar e achar novas opções para melhorar a capacidade de processamento sem ter aquecimento excessivo.

Normalmente, os processadores contam com 2 até 8 processadores que trabalham paralelamente. Algumas aplicações utilizam mais estas funções, tal como edição de fotos, renderização entre outros. Quanto mais núcleos, melhor!

Frequência

A frequência em que o processador opera (ou Clock Speed) era um dos principais medidores da capacidade do equipamento quando existiam processadores de apenas um núcleo. Um processador de 3ghz, por exemplo, pulsava 3 bilhões de vezes por segundo, muito mais que um de 2Ghz. Com o aumento de núcleos, a situação se inverteu, e equipamentos com mais núcleos conseguem multiplicar suas funcionalidades. Um equipamento de dois núcleos de 3.3ghz tem menor capacidade do que um processador de quatro núcleos de 3.Ghz.

Placa Gráfica Integrada

Como já comentamos em nosso post sobre placas de vídeo, existem unidades de processamento gráfico que já vem acopladas aos processadores. Nos últimos anos, as duas principais marcas revelaram novas opções de unidades gráficas acopladas, que melhoraram bastante a qualidade de video e de processamento de mídia nesses equipamentos.

Esse é um ponto de baixa preocupação se você é um usuário comum, já que provavelmente estes processadores irão atender suas necessidades. Se você pretende usar o computador para jogos, será necessário comprar uma placa dedicada de qualquer forma.

Memória Cache

A memória cache é um dos atributos mais subestimados de um processador, até porque é um dos mais complicados.

Existem 3 níveis de memória cache: L1, L2 e L3. A L1, ou Level 1 é a memória primária do processador, onde são armazenados as instruções que estão aguardando serem processadas. Ela é a mais rápida e a mais importante para a definição da capacidade de performance do processador. A memória L2 é mais lenta e alimenta a L1 e a L3 é ainda mais lenta, e alimenta a L2.

Quanto mais memória um processador tiver, principalmente na L1, maior capacidade de acessar diferentes informações ele terá!!

Boost

A Intel foi pioneira na criação de processadores que conseguem elevar sua frequência de operação por alguns momentos para ultrapassarem situações onde maior quantidade de processamento é necessária. Os modelos  Intel Core i5 e i7 já possuem a funcionalidade e o grande ponto é que esse boost só funciona em momentos onde existe potência e refrigeração suficiente. 

Recentemente, a AMD também incorporou a tecnologia a alguns de seus processadores, então é bom ficar de olho em quais tem ou não tem esta opção!

 

4º Passo

Interligação com outras peças

TDP

O Thermal Design Power, é uma métrica que ajuda a definir qual deverá ser o tamanho e a potência de um sistema de refrigeração para bom funcionamento de seu processador em momentos de estresse. Como a maioria dos outros componentes do computador possuem um TDP maior do que o processador, você provavelmente estará optando por uma ventoinha de maior potência sem nem perceber!

bot-descontech

64-bit – Para ficar atento!

Praticamente todos os computadores migraram de plataformas de 32 bits para 64 bits nos últimos anos. Se você está comprando um processador atual, não terá problemas com este tipo de compatibilidade, mas se estiver procurando um modelo mais em conta, é bom prestar a atenção, já que a ligação com os novos softwares é hardware é deficitária.

 

MELHORES MODELOS

Intel Core i7-4790K

O Intel Core i7-4790k não é o processador mais potente da Intel atualmente, mas é o com melhor custo benefício, já que com o preço de $400, chega muito perto do equipamento top de linha, de $1000 de preço base.  Este modelo de 4ª geração da intel possui uma vantagem de conseguir trabalhar em frequencias de 4Ghz e até mesmo usar o boost para 4.4ghz por conta de um material termal desenvolvido pela Intel que não deixa o processador esquentar tanto.

Este modelo também possui um extra de 2MB de memória Cache L3, se comparado com o 4690k, sua versão mais barata que utiliza tecnologia intel core i5. Além disso ele trabalha com 4 cores e utiliza a tecnologia intel  Hyper-Threading para simular até 8 cores!

Arquitetura: Haswell | Frequência (Turbo) : 4.0 (4.4) GHz | Núcleos (Threads) : 4 (8) | Cache (L1, L2, L3) : 4 x 64 KB, 4 x 256 KB, 8 MB | Placa Gráfica: HD Graphics 4600 (350 MHz, 1.2 GHz Turbo) | Suporte para Memória RAM: DDR3-1333/1600, dual-channel, up to 32 GB | TDP : 84 W | Process : 22 nm | Socket : LGA 1150


 

Intel Core i5-4690K

O Intel Core i5-4690k é um processador com um custo benefício bastante interessante, já que mantem uma boa relação com o core i7, ou seja, um upgrade para o 4790k faz diferença tanto em performance quando em valores, então você não se sente enganado.

Novamente, este processador se aproveita de tecnologia de materiais térmicos para trabalhar em uma frequência constante de 3.5 Ghz e 3.9Ghz em modo boost. Este equipamento possui 4 cores, mas não utiliza a tecnologia Hyper-Threading como seu “irmão mais velho”.

Arquitetura: Haswell | Freqüência (Turbo) : 3.5 (3.9) GHz | Núcleos (Threads) : 4 (4) | Cache (L1, L2, L3) : 4 x 64 KB, 4 x 256 KB, 6 MB| Placa Gráfica: HD Graphics 4600 (350 MHz, 1.2 GHz Turbo) | Suporte para Memória RAM: DDR3-1333/1600, dual-channel, up to 32 GB | TDP : 84 W | Process : 22 nm | Socket : LGA 1150

 


AMD FX-8320 Vishera

Apesar de ter sido lançado no final de 2012, o AMD FX8320 continua sendo um dos melhores modelos da AMD atualmente ( o que não quer dizer que ela parou no tempo!). Com 8 núcleos de processamentos em velocidades que variam entre 3.5Ghz e 4.0 Ghz ( quando utilizando a tecnologia de boost), esse é provavelmente uma das melhores compras que você pode fazer, visto que tem um equipamento muito parecido com o Intel Core i5 4690k com um preço 1/3 menor.

De qualquer forma, o lado ruim deste AMD é o gasto maior de energia, bem como TDP e a falta de uma placa gráfica, que necessita ser comprada separadamente.

Arquitetura: Piledriver | Freqüência (Turbo) : 3.5 (4.0) GHz | Núcleos (Threads) : 4 (8) | Cache (L1, L2, L3) : 4x 64KB + 8x 16KB, 4x 2MB, 8MB| Placa Gráfica:  Não | Suporte para Memória RAM: DDR3-1866, dual-channel | TDP : 125W | Process : 32 nm | Socket : AM3+


 

Fontes:

  • http://www.pcmag.com/article2/0,2817,2375540,00.asp
  • http://www.tomshardware.com/reviews/gaming-cpu-review-overclock,3106-4.html

bot-descontech

Nenhum Comentário

    Deixe seu Comentário!