Qual o melhor HD Externo? | Análises e Guia de Compra

Você precisa de um HD Externo e não sabe qual comprar?

Não se preocupe. Nós vamos te ajudar!

Pode parecer um pouco complicado saber como escolher um HD externo, mas a verdade é que não existem muitas opções ou configurações que vocês tem de ter em mente. O principal processo vai ser entender sua necessidade e escolher entre os tipos de modelos que existem.

Depois que vocês já conhecerem qual é o tipo certo para você, vamos comparar os principais modelos ( você encontra essa análise em nosso vídeo) e indicar alguns dos principais modelos que estão no mercado atualmente. 

Nós também temos um vídeo!!

Se você está com aquela bela preguiça de ler todo o conteúdo, nos fizemos uma análise em vídeo de todas as marcas.

Depois, é só você voltar aqui para conhecer mais alguns modelos interessantes!!

TIPOS DE HD

Existem dois tipos de HD externos.  O primeiro deles é o HD de mesa, que possui um mecanismo de 3.5 polegadas em seu interior, e necessitam ser ligados na tomada. O HD externo de mesa é desenhado para permanecer fixado em um lugar só, geralmente na mesa da sua casa ou de seu trabalho. Estes modelos são bastante focados no uso ativo, ou seja, realizar uma grande quantidade de transferências de dados e permanecerem ligados por longos períodos, atuando exatamente como um HD interno. Estes modelos de mesa possuem um limite de 6TB de espaço por mecanismo, mas alguns fornecedores colocam mais de um mecanismo por HD, aumentando sua capacidade.

hd externo é bomOs HDs externos portáteis – ou HDs externos para notebooks – possuem um mecanismo de 2,5 polegadas e não precisam ser ligados na tomada, sua ligação ocorre através do USB. Eles podem caber em bolsas e até em calças (Sim, existem alguns modelos bem portáteis). Estes modelos tem um limite de 2TB de espaço, sendo que modelos de 1TB são os mais comuns.

Existem também uma unidade de memória nomeada de SSD (Solid State Drive). Sua velocidade é bem maior do que a de um HD comum e ela não é influenciada por impacto ou vibrações, ou seja, é mais segura do que um HD comum. Ela é normalmente encontrada em notebooks, mas é mais rara, já que possui um custo bem maior, sendo limitados a capacidades menores, normalmente entre 64GB e 128GB. Se você ficou interessado por este tipo de equipamento, saiba que se usar uma conexão USB 2.0 não estará ganhando velocidade alguma, então se certifique que seu computador possui um USB 3.0 ou 3.1.

Velocidade – é importante?

Alguns fabricantes tocam bastante no ponto de velocidade quando se trata de vender o produto. Enquanto um HD externo de 7,200 rpm pode parecer mais rápido do que um equipamento de 5,400 rpm, a verdade é que não funciona exatamente assim.

A conexão pode ser um fator limitante para o seu equipamento. Se você comprar um equipamento de 7,200rpm e utilizar uma conexão de USB 2.0, estará subutilizando a velocidade do equipamento, que não ultrapassará a velocidade de 5,400 rpm. Nestes casos, é importante que você compreenda a velocidade do seu computador ou do dispositivo que está sendo utilizado antes de tomar sua decisão.

Conexão (Input)

Neste quesito, não há muito o que ponderar. Grande parte dos HD externos conectam-se a PCs ou Macs através de cabos externos. Portas USB 2.0/3.0 estão quase sempre presentes e são um padrão de mercado. Existem opções de conexões eSATA ou até mesmo alguma mais exóticas. Equipamentos com USB3.0 são mais velozes e estão seguem o atual padrão de mercado, além de funcionarem em entradas USB2.0, então tente sempre optar por este modelo.

Atualmente, o mercado vem adotando aos pouco o USB 3.1/USB-C como padrão. Se você comprar algum modelo profissional que deverá durar MUITO tempo, ou se você é um profissional que sempre está usando equipamento de ponta, opte pelo USB 3.1. Infelizmente, esse é um novo tipo de entrada que pode não funcionar com equipamentos antigos. USB-3.0-vs-USB-2.0


Seagate STBX1000600

SEAGATE STBXO Seagate STBX1000600 é um modelo portátil de HD externo, com apenas 12cm x 8 cm. Ele possui capacidade de 1TB (existem modelos exatamente iguais, só que com armazenamento de 500GB e 2TB se você precisar) e já usa tecnologia de USB 3.0, ou seja, tem uma boa velocidade de transferência de dados – até 480MB/s. Este equipamento possui 5,400 rpm, 12 meses de garantia e só pesa 300 gramas. Perfeito para quem precisa transportá-lo para diversos lugares.

Eu particularmente gosto muito desse modelo porque possuo um igual a mais de 2 anos e nunca tive problemas. Como com todos os HD externos, o importante é tomar cuidado para não derrubá-lo.


qual-melhor-hd-externo-samsung-m3-portableSamsung M3 Portable

O M3 portable é um dos modelos mais vendidos no Brasil. Com um preço bastante competitivo e com uma boa aceitação (97% dos usuários recomendam o equipamento), este aparelho de 1 TB de capacidade de armazenamento mede apenas 2 centímetros de espessura, 8 cm de largura e 11 cm de altura, pesando 290 gramas.

Este modelo também usa tecnologia de USB 3.0, que conta com transferência de dados – até 480MB/s e também trabalha com velocidade de 5400rpm.


O melhor com alimentação externa!

SAMSUNG D3 Station

hd externo samsung d3 stationO HD externo D3 Station da Samsung é um equipamento de 800gramas com tamanho de 12 por 18 centímetros, bem com uma altura de 4 centímetros. Ele pode ser encontrado em versões de 2TB e de 3TB, e é capaz de trabalhar com uma conexão USB 3.0 SuperSpeed, que chega a até 5.0Gb/s – segundo informação da empresa.

Ele é mais seguro, sólido e confiável do que equipamentos portáteis, mas excede em tamanho e mobilidade. Perfeito para profissionais que precisam de um equipamento ágil para ficar na mesa, mas não querem gastar muito.


Para Alto Desempenho e Redes

Lacie d2 Netword

hd externo lacie d2 networkAlém de armazenar arquivos, esse equipamento atua como um pequeno servidor para até 10 pessoas. Ele é perfeito para fazer backup ou cópias de segurança de arquivos, bem como para ser utilizado para transferência entre computadores, através de wi-fi. Também é possível acessar o equipamento através de USB.

É uma boa opção para aqueles que não precisam de tanta velocidade ou portabilidade, mas que realizam transferências de arquivos com frequência. 

 

adescolhaseguratv adescolhaseguratv
3 Comentários
  1. Reply cleidon fevereiro 6, 2016 at 7:15 pm

    Gostei! ótima edição de vídeo, objetividade e clareza. Captei a mensagem sobre a marca seagate e concordo. (Nao é confiável) já tive prob com a tal. Agradeço.

  2. Reply Valmir de Souza maio 1, 2016 at 6:19 am

    Muito bom este canal, gostei das dicas parabéns.

  3. Reply Monica Silva setembro 2, 2016 at 1:21 pm

    Muito bom! Parabéns pela matéria, esclareceu minhas dúvidas! Obrigada!

Deixe seu Comentário!