Edifier W820BT: uma excelente opção pelo preço

O Edifier W820BT é a atualização direta do W800, um fone bluetooth que ficou conhecido aqui no brasil por conta do seu custo benefício e ótima bateria. Com alguns incrementos e preço levemente superior, será que vale a pena pegar essa versão atualizada? É o que discutir no vídeo de hoje.

Design e construção

A primeira evolução do W820BT foi na aparência, que apesar de continuar toda em plástico, tem acabamento mais bonito, dando uma cara mais premium para o equipamento. O peso subiu apenas 50 gramas e continua bem maleável. É possível deixá-lo meio que em 180 graus que nem o outro modelo sem nada rachar, o que ajuda o fone a se adaptar bem a qualquer formato de cabeça.

As almofadas na parte superior são bastante confortáveis, mas onde eu realmente percebi uma boa diferença foi no conforto do próprio fone. As almofadas parecem maiores e bem macias, com um acabamento em um material sintético um pouquinho mais grosso. Não parece que vai descascar no médio prazo.

Com todas essas características, não tive problemas com pressão ou qualquer outro incômodo de ergonomia. Deu pra usar por algumas horas sem problema. Ainda sobre a construção, outro diferencial é o fato de agora ele ser dobrável, ocupando bem menos espaço na mala ou mochila. O sistema parece bom, no começo o fone pareceu um pouco mais frágil na hora de colocar na cabeça, mas não parece que vai quebrar de verdade. E na boa, dobrar ajuda bastante em portabilidade. Ponto nesse quesito!

Como esse é um fone que cobre a orelha, ele foi capaz de reduzir os ruídos da sala, mas não é um fone próprio para isolamento. Ele inclusive possui pequenas cavidades nas laterais que servem justamente para deixar o grave vazar um pouco, eliminar a pressão e que acabam também mesclando um pouco do som de fora pra você não ficar isoladão. Por isso mesmo, se o som estiver alto, quem estiver perto de você será capaz de ouvir um pouco.

Funcionalidades

Outra evolução foi na usabilidade do fone, o W800 tinha um botão próprio para parear, mas agora ele fica junto do botão de liga-desliga, do lado direito, junto do botão de volume, que também serve para passar músicas no celular.

Além da nova posição, o bluetooth agora é 4.1, que é mais estável e rápido, focado em IoT. Inclusive eu pude conectar 2 celulares e o notebook ao mesmo tempo e mudar entre eles praticamente sem interrupções. Resolve um pouco aquele problema de ter que ficar pareando com o celular antes de sair de casa.

Essa função, chamada multipoint, não é nova, mas certamente se beneficia da velocidade de conexão atualizada. É bem legal também ter os dois conectados ao mesmo tempo e escutar música pelo notebook, atender uma ligação no celular e voltar para a musica automaticamente, sem precisar tirar o fone da cabeça para nada.

Apesar disso, eu não recomendaria usar o microfone aqui, como a maioria dos fones bluetooth, a qualidade dele é bem ruim e costuma cortar com facilidade, até por conta da distância. Ele também não funciona quando está conectado por P2, então não é um fone para usar com Discord, por exemplo.

Qualidade de som

O que o W820BT faz bem mesmo é tocar música, e os alto falantes de 32 ohms são altos e de boa qualidade. A grande questão é que não notei nenhuma grande diferença quando comparado com o W800. O som é bem encorpado e transparente, dá para distinguir com facilidade todos os instrumentos, mas com graves um pouco abafados.

Parece ser bem equilibrado no geral e se você consegue destacar através de software alguma frequência específica, conseguirá médios e altos em bons níveis sem estourar. Não é um fone excepcional, mas já é algo que eu, um chato do áudio, já consegue usar no dia a dia e curtir.

A bateria também melhorou. De acordo com a própria marca, são mais de 80 horas de uso com volume até 80%. 5 horas a mais do que seu antecessor. E olha, precisei passar quase duas semanas trabalhando com ele sem fio antes de precisar parar para carregar.

Essa é uma das grandes barreiras pra mim e que foi resolvida tanto pelo 800 como pelo Edifier W830BT que uso atualmente como meu pessoal. Para carregar, são 3 horas, mas com poucos minutos você já tem algumas horas de uso e se tudo der errado, tem um cabo p2 adicional.

Conclusão

É fácil recomendar o Edifier W820BT para quem precisa de uma solução bluetooth bem consistente. Pra mim, a grande bateria desses aparelhos mesclada com a qualidade de áudio são o diferencial, e esse modelo mais atualizado com um pouco mais de ergonomia e portabilidade ganhou aquele “tchan”.

Se você precisa economizar, o W800BT faz a maioria que esse faz sem esses detalhes, ou se quiser melhorias em qualidade de som e construção, o W830BT faz a vez. Então tem uma linha que permeia os mais variados orçamentos.

8 Total Score

User Rating: 5 (1 votes)
Diga o que você achou

Leave a reply