Galaxy J2 Prime ainda vale a pena em 2018?

Se você está procurando por um celular até 500 reais provavelmente já deve ter se deparado com o Samsung Galaxy J2 Prime. Será que vale a pena comprar ou será que é melhor olhar algum outro modelo? Para o que ele serve? É o que vou tentar te explicar hoje.

Design e tela

O que esperar de um celular nessa faixa preço? O J2 Prime tem uma construção em plástico e com um layout bastante característico da Samsung. Eu realmente gosto do que a empresa faz nesses modelos mais baratos, já que os botões também parecem bem confiáveis, coisa que não acontece no Lenovo C2, por exemplo, já que ele caiu com alguns meses de uso.

Ele é ergonômico e a tela de 5 polegadas tem um bom tamanho para enxergar bem e consumir mídia. O chato é que apesar de ter uma tela com bom nível de cores e contraste – uma característica da Samsung – a resolução do aparelho é mais baixa que dos concorrentes, com apenas 960x540px.

Modelos Lenovo e LG desse preço já entregam telas HD que no dia a dia podem até ser parecidas, mas se sobressaem na hora de assistir um vídeo no YouTube ou no Netflix, porque você consegue ver em uma resolução maior.

Armazenamento e desempenho

Aliás, até que dá para baixar uns episódios do Netflix, porque o equipamento conta com 16GB de armazenamento interno – uma evolução perante o modelo anterior. Vale lembrar que parte desse armazenamento vai para o sistema operacional, então você tem uns 12GB disponíveis.

Outra coisa que evoluiu perante o J2 de 2015 foi o processador, que agora é um Mediatek MT6737T, um QuadCore de 1,4GHz. No geral, você vai conseguir abrir aplicativos mais simples como Whatsapp, Telegram, email, internet e outros sem problema algum.

Usar o Google Maps pode ser um pouco mais demorado e jogos mais pesados como Pokémon GO podem acabar fechando automaticamente enquanto você está usando, não só por falta de processamento, mas por falta de memória RAM. 1,5GB é realmente o mínimo utilizável para o dia a dia, mas gargala nas aplicações mais pesadas.

O J2 Prime chegou ao mercado com uma versão bastante alterada da Samsung para o Android 6. O legal desse sistema perante o 5.1 do J2 é a possibilidade de instalar aplicativos em um cartão adicional, que pode ser colocado nesse modelo aqui.

Aliás, vale a pena comentar que esse aparelho aqui é dual chip e aceita cartão micro SD ao mesmo tempo, uma característica bem legal.

Voltando para o sistema, a versão do sistema operacional da Samsung que temos aqui já está um pouco defasada para 2018 e ainda tem bastante softwares desnecessários que ocupam espaço, mas é um padrão que só melhorou nos aparelhos mais novos e mais caros.

Câmeras e bateria

As câmeras foram provavelmente o maior avanço do aparelho, agora com 8 megapixels na traseira, já é possível tirar fotos para guardar lembranças ou para ler códigos de barra com melhor eficiência. A frontal é de 5 megapixels, o padrão para essa faixa de preço, mas ainda sim vai muito mal em baixa luz.

Mas se por um lado o avanço em câmeras foi muito bem vindo, não dá para falar o mesmo da bateria. Apesar de possuir 600mAh a mais que o J2 anterior, o J2 Prime chegou a uma marca de 6 horas de tela ligada contra 8 horas do J2.

Outro ponto chato é que a bateria demora demais para carregar, passando das 3 horas. Isso está bastante ligado à troca de processador, de um proprietário Samsung para um Mediatek.

Para fechar, os fones que acompanham o equipamento são bem ok pra faixa de preço e o mesmo se aplica aos alto falantes, que não entregam uma qualidade legal, é até meio metálico. Mas na boa, nenhum outro celular nessa faixa de preço faz melhor.

Conclusão

Infelizmente, o grande avanço do J2 Prime frente ao J2 foi em espaço interno e câmeras, já que apesar de mais RAM e um processador com maior clock, o desempenho em si não é tão diferente.

A bateria perdeu velocidade de carregamento e desempenho apesar de também ser maior e a tela, apesar de bonitinha, fica para trás dos concorrentes.

Atualmente o mais comum é encontrar o modelo de 16GB com TV perto dos 500 reais. Nesse caso, esse é sim um aparelho bastante competitivo, mas se você já veio até aqui e gostaria de uma câmera e bateria melhor eu recomendo o LG K10 ou até mesmo um avanço para o J5 Prime que conseguirá durar bem mais ao longo dos anos.

6.5 Total Score

User Rating: Be the first one!
Diga o que você achou

Leave a reply