Moto G6 Plus vs Moto X4: qual é o melhor?

O lineup da Motorola era muito bem definido a um tempo atrás, com a linha G logo abaixo da linha X. Mas, com o lançamento da 6ª geração de aparelhos, o esquema ficou complicado. O Moto G6 Plus não só está com uma configuração melhor, como com um preço também mais salgado. Sabendo disso, será que vale a pena pegar esse modelo novo ou um do ano passado como o Moto X4?

Design

De cara dá pra falar que os dois são muito parecidos, porque poxa, são modelos intermediários premium da Motorola que seguem a mesma construção de vidro na parte de trás e contam com acabamento arredondado nas bordas.

Além disso, ambos tem entrada pra fone de ouvido na parte de baixo junto com a conexão USB-C, alto falantes na parte frontal, que eu particularmente acho que é um ótimo lugar pra estar, botões de volume e power na lateral e bandejas de chip na parte de cima.

O X4 utiliza uma bandeja híbrida, enquanto que no G6 Plus você pode usar os dois chips de operadora e o cartão de memória ao mesmo tempo, a bandeja só ficou maior. O sensor biométrico dos dois está localizado na parte frontal abaixo da tela e o X4 leva vantagem pelo botão ser maior e mais fácil de ser utilizado, mas isso é questão de opinião mesmo.

Onde ele leva vantagem real é na presença de certificação IP68, que permite ser mergulhado em até um metro e meio de profundidade por trinta minutos.

Com relação ao corpo e ergonomia, o G6 é um pouco maior, com uma diferença de doze milímetros na altura. Isto está associado a sua tela maior, de 5,9 polegadas com proporção mais alongada. O X4, para medida de comparação, conta com tela de 5,3 polegadas.

Tela

Aproveitando que eu estou falando da tela, vale a pena comentar que os dois usam um painel IPS LCD, que entregam ótimos ângulos de visão e uma saturação muito equilibrada, e ainda contam com proteção Gorilla Glass 3.

Apesar de parecidos em ângulos, o que acontece é que o G6 Plus tem um brilho máximo bem maior que o X4. Não é que o X4 seja ruim, em lugares fechados ele parece bem legal, mas quando o G6 Plus está do lado, dá até uma agonia de tentar comparar. Ele parece sempre meio escuro, então se você quer usar muito na rua pula para o G6 Plus direto.

Software

Outro ponto que a gente sempre aborda nos nossos comparativos está relacionado à experiência do Android que cada aparelho passa no uso. Em se tratando de dois aparelhos da Motorola quase não se vê diferenças.

Ambos possuem as Moto Ações, que nada mais são que atalhos que abrem a câmera girando o pulso duas vezes, ligam a lanterna balançando o aparelho entre outros; o Moto Tela, que mostra informações na tela mesmo com os aparelhos travados; o Moto Key, que te ajuda a guardar senhas e fazer login nos serviços usando somente a sua digital; e o Moto Voz que ganhou bem mais funções no novo Moto G6, que realmente está se tornando um assistente capaz de realizar ações em outros aplicativos.

Ele está em beta e pra te falar a verdade é difícil colocar essas novas funções no seu fluxo diário, mas dá para fazer muita coisa legal.

Vale lembrar que o G6 Plus vem com a TV Digital embutida, o que é legal pra quem passa muito tempo no transporte público e não gosta de perder o jogo do timão, além do Bluetooth 5.0, que consome menos energia e é mais abrangente, contra o bluetooth 4.2 no X4. Ambos contam com Wi-Fi de 5GHz e NFC para funcionamento do Android Pay, pontos que ajudam a incrementar a experiência com os aparelhos.

De modo geral, tirando esse avanço do Moto Voz, os dois aparelhos são quase idênticos em seu software, já que tanto o Moto X4, que vem recebendo atualização, quanto o Moto G6 Plus, já tem o Android Oreo como sistema operacional e ao que tudo indica, vão receber atualizações para a próxima versão do robozinho.

Desempenho

Em se tratando de performance, os dois também são bem parecidos, porque contam com o Snapdragon 630. Sim, é o mesmo processador, mas temos um avanço de 3 para 4GB no G6 Plus, que também possui mais armazenamento interno, totalizando 64GB.

Os dois aparelhos tem uma performance muito parecida no dia a dia, com o G6 Plus se saindo levemente melhor quando colocado lado a lado. É algo bem pouco perceptível, mas você deve sentir um pouco mais de diferença na hora de abrir os aplicativos novamente.

O G6 Plus chegou com um gerenciamento de memória RAM bem ruim e que fechava mais aplicativos que o X4, mas parece que depois de umas 2 atualizações já estão se saindo melhor. Enfim, nada que vai te fazer pagar mais caro. Se você escolher o G6 Plus será por outros quesitos.

Parece que por bateria também não vai ser. Enquanto no X4 temos 3.000mAh, o G6 Plus tem 200mAh a mais, justamente para compensar a tela maior e mais brilhante. Quer dizer, o X4 tem uma média de 8 horas de tela e o G6 Plus sete horas e meia, isso da uns 8% ali no final do dia.

Felizmente, os dois modelos contam com um carregador rápido que leva a bateria de zero a cem perto de uma hora e quarenta. Não são baterias matadoras nem nada disso, mas considerando que duram o dia todo de uso e ainda vem com o carregador turbo de quinze watts na caixa, os dois merecem um ponto positivo.

Câmera traseira e frontal

Na câmera traseira, os dois modelos contam com sensores de 12 megapixels, mas o G6 Plus tem uma abertura maior de f/1.7 contra f/2.4 do X4. Dá para dizer que essa é a principal característica que os diferencia, já que em boa luz o modelo mais novo parece alcançar uma faixa dinâmica maior e ser mais claro.

O mesmo vale para baixa luz onde consegue captar um pouco mais de informação. Eu sinceramente encontrei algumas situações com boa iluminação que não consegui encontrar tanta diferença assim, mas é perceptível que o G6 Plus tira fotos com mais contraste.

Apesar de os dois possuírem uma segunda lente, seus usos são diferentes. Enquanto no G6 Plus temos um sensor de 5 megapixels focado em fotos preto e branco, o X4 entrega uma segunda lente mais útil de 8 megapixels e com foco em fotos wide de 120º. Nos dois casos temos a presença do modo retrato e nos dois casos eu não sou muito fã do resultado não.

Em vídeo os dois modelos conseguem chegar a mesma resolução de 4K a 30 frames por segundo mas o G6 Plus parece ser um pouco mais estabilizado, e claro, mais funcional em situações com menos luz. Nada enorme não.

Na frontal, o jogo se inverte um pouco. Apesar de ter chegado em suas primeiras versões com um problema de foco fixo longe, o X4 ainda tem um sensor com mais resolução de 13 megapixels e um tipo de processamento que me agradou mais.

O G6 Plus por sua vez tenta melhorar o resultado de sua lente de 8 megapixels com um aumento de contraste que não ajuda tanto assim. A estabilização eletrônica em seus vídeos que chegam até resolução máxima de Full HD são boas mas dão uma bela cromada na imagem. Não percebi algum que seja melhor não.

Para fechar vale comentar que nos dois modelos temos um HDR que realmente funciona e um foco com boa velocidade, característica da Motorola.

Conclusão

Acho que o X4 é um dos melhores custo beneficio atualmente, mas se você quer um pouco mais o G6 Plus entrega uma tela mais brilhante e bonita, câmera traseira ligeiramente melhor, o novo 18:9 e o moto voz, com um tiquinho mais de desempenho.

Vale a pena? Depende do quanto a mais você vai pagar e do quão importante essas características são pra você, mas um X4 já resolve se você só procura desempenho em um corpinho mais portátil. Aliás, eu ainda acho que vale mais ele que o Moto G6 normal.

Diga o que você achou

Leave a reply