Qual é o melhor celular Motorola?

A Motorola vai tão bem por aqui que o Brasil é um dos principais mercados para a empresa. Até por isso, a grande maioria dos lançamentos chega em conjunto com o mundo e eles não param de trazer produtos novos todo semestre. Por isso mesmo, está na hora de mostrar os celulares mais atuais para você entender qual modelo pode valer a pena para você e qual é o melhor celular da Motorola.

Só pra contextualizar, a Motorola é a segunda maior empresa de smartphones no Brasil atualmente, com um market share de quase 24% do mercado nacional. Eles estão sob o domínio da Lenovo, marca que também fabrica notebooks e acessórios, e que tentou mas não conseguiu emplacar sua marca própria por aqui.

Moto E5 e E5 Play

Entre todos os celulares, o modelo mais barato que a Motorola colocou no mercado recentemente foi o Moto C Plus, que preza por ser o quebra galho, mas definitivamente não vale a pena. Até porque com pouco mais de cinquenta reais adicionais você já pega o Moto E5 Play, que tem uma câmera frontal mais legal e o Android mais atualizado, mas de novo, é basicão.

A bateria não deve durar o dia todo por ser pequena e a tela pode decepcionar se você está em busca de um aparelho pra consumir conteúdo. Considerando que é um smartphone para WhatsApp, Facebook e comunicação, está de bom tamanho.

O Moto E5 acaba sendo mais indicado porque além da bateria com quase o dobro de autonomia, você ainda leva câmeras mais legais e uma tela com resolução HD, que acaba sendo o mínimo pra consumir conteúdo sem ficar com vontade de uma tela bem melhor.

Moto X4

Aliás, sabe quem é um aparelhinho super legal que eu já acho bem mais apto a ser uma boa escolha? O Moto X4. Essa linha voltou ao mercado em 2017 depois de três anos sem lançar nenhum modelo, e na época, deixou um pouco a desejar. Ele veio uma categoria abaixo do que todos esperavam e com alguns probleminhas de câmera frontal e armazenamento que foram resolvidos depois, quando as vendas já não tinham ido tão bem.

Com isso, os preços foram reajustados e nesse cenário ele passou a ser uma das escolhas mais interessante de 2018 e agora, uma escolha legal em 2019. Com uma tela Full HD de boa qualidade, IP68 em um aparelho “barato”, acabamento em vidro e câmeras traseiras que já faziam um bom modo retrato, ele é atualmente um intermediário de entrada mais completinho, mas só em alguns quesitos.

O que era um ponto positivo, o fato de ser compacto, pode ser visto como algo antiquado, já que a maioria dos modelos atuais tem tela 18:9 e conta com mais armazenamento. Para fechar, ele está com a última versão do Android, um ponto bem interessante para um aparelho lançado há mais tempo.

Moto G7 Play

O Moto G7 Play é o mais barato e já entrega um bom nível de processamento pelo seu custo. Inclusive, o mesmo processador é usado no G7 Play, G7 normal e na versão Power, alterando somente a memória RAM e armazenamento interno.

Esse é provavelmente o ponto mais alto desse aparelho, já que a corpo em plástico e a tela com brilho baixo e resolução apenas HD me decepcionaram bastante.

Como o Play é a versão de entrada da linha, as câmeras não são tão legais assim e ter menos memória RAM que seus companheiros mais caros faz ele dar umas engasgadas. É um aparelho legal se for muito barato, para desempenho e não para o consumo de mídia, onde a Samsung está se saindo bem melhor pelo preço.

Moto G7

Por isso mesmo, começa a valer um pouco mais ir com o Moto G7, que já tem uma segunda câmera traseira para o modo retrato, o dobro de armazenamento e memória RAM, que se for pensar no longo prazo, faz mais sentido. A tela também é melhor, então você já tem o Full HD, que é ótimo.

A bateria não é melhor que o modelo anterior, até porque o conjunto já exige mais, mas o carregador que vem na caixa deixa o tempo na tomada bem reduzido, o que acaba sendo bem legal se você precisar carregar seu aparelho no meio do dia. Quando lançado, o G7 não era nem o plus, nem o power, e sim um meio do caminho sem sentido que hoje já tem um pouco mais de lugar por ser barato e consistente.

Moto G7 Power

Inclusive, se você está em busca de uma bateria gigante no seu aparelho e adora Motorola, o Moto G7 Power é o cara para você. Esse é um dos aparelhos com melhor custo benefício de toda a linha.

Não quer dizer que ele é incrível, já que você deixa de lado a tela Full HD e a câmera adicional para o modo retrato do Moto G7 normal, mas através de software, você já continua conseguindo esses resultados.

Essa troca serve justamente para você ganhar mais bateria e menor gasto energético, além da chegada do sensor de impressões digitais, função que só está presente nele nesse ano. Sem dúvida um celular fácil de recomendar e que está disponível em duas versões, e nós preferimos a de 64 GB de armazenamento que oferece 4 GB de RAM sem cobrar tanto a mais por isso.

Moto G7 Plus

Para fechar a família G7, tem a última versão, o Moto G7 Plus, que melhorou bastante de preço nos últimos tempos. Ele tem um processador legal, um pouco melhor que os anteriores e vai melhor em jogos, permitindo que você curta coisa mais recentes.

A tela é a mesma do G7 normal, mas as câmeras vão bem melhor que o irmão mais simples, mas não são incríveis não, é o esquema de sempre da Motorola.

O que impressiona nesse modelo é o fato dele carregar de 0 a 100 em 50 minutos e mesmo com a bateria de 3000 mAh ir melhor do que a média na duração.

Motorola One

Temos de falar também da família One, que vem ganhando bastante força nos últimos tempos. O primeiro deles foi o Motorola One, lançado em 2018, com um processador bem datado e que pra ser sincero com vocês, não tem nenhum diferencial muito claro, ainda mais depois da chegada da família G7.

Ele é um aparelho super bonito com câmeras melhores que a média, mas o resto é tudo abaixo, principalmente o brilho da tela, que pasmem, é apenas HD e me incomodou bastante.

O nome desse aparelho vem do programa Android One, onde a Google se responsabiliza por trazer atualizações constantes e rápidas para o aparelho, que geralmente traz uma experiência mais limpa de Android para facilitar o processo. A Motorola basicamente nem teve de se mexer, já que não é nada muito diferente da experiência do que temos nos outros modelos.

O problema é que apesar de legal, ele demorou bastante pra receber o novo Android. Por isso, estando na mesma faixa de preço que o G7 e G7 Plus, fica difícil recomendar. A única vantagem é que ele é um dos mais compactos disponíveis atualmente.

Motorola One Vision

O Motorola One Vision, por outro lado, chegou como uma opção com características bem próprias: tela 21:9, processador Exynos e entalhe em volta da câmera, mas do lado esquerdo, quase um espelho do Galaxy S10e.

O conjunto como um todo está bastante consistente, o preço deve baixar com o tempo e fazer sentido dos 1500 reais para baixo. Ele é o primeiro intermediário a trazer um modo noturno um pouco melhor de forma nativa – coisa que a gente sempre tenta burlar usando o aplicativo GCam.

Parece que estão para chegar pelo menos mais dois modelos da linha One nos próximos meses, todos upgrades do Vision, tanto em número de câmeras como em processador. Portanto, pense duas vezes já que esse celular pode ficar ultrapassado logo.

Moto Z3 Play

Mesmo tendo um hardware de smartphone intermediário, o Moto Z3 Play tem o melhor acabamento feito pela Motorola em 2018. A tela foi um dos melhores LCD IPS que eu já vi em um aparelho e o desempenho da bateria sempre me impressionou.

Outro ponto que eu gostei na época, e que ainda sou a favor, foi a presença do leitor de digitais na lateral, lugar talvez não tão ergonômico, mas que funciona e é de bom gosto. Como sempre as câmeras deixam a desejar pelo preço, mas acabamento e versatilidade dão e sobram com a possibilidade dos snaps. Pularia do Moto G7 Plus para esse daqui sem pensar duas vezes.

Qual é o melhor celular da Motorola?

Com tantas opções pode ficar um pouco difícil de escolher um modelo, então você precisa entender as suas prioridades. Mesmo aparelhos que não são indicados por nós podem valer a pena, como exemplo o Motorola One, que acaba sendo a única chance de ter um smartphone mais compacto e com bom aproveitamento da tela.

Na nossa opinião os modelos que se destacam bastante pela faixa de preço e diferenciais oferecidos são o Moto G7 Power e o Moto G7. Cada queda de preço deixa os dois mais atrativos e com um custo benefício cada vez melhor quando comparamos com outros fabricante concorrentes.

Se ainda ficar alguma dúvida, todos esses aparelhos foram testados individualmente por nós, assim você pode buscar ainda mais detalhes no review de cada um aqui em nosso site.

Diga o que você achou

Leave a reply