Qual é o melhor smartwatch do mercado?

Escolher um smartwatch pode parecer uma tarefa fácil. Ele é pequenininho, não faz tanta coisa, é barato! Doce ilusão! Tem tanto modelo no mercado e design diferente que precisou eu vir até aqui montar uma baita de uma lista pra ajudar.

Olha, antes de eu começar a te entuchar de opção, deixa explicar um pouco melhor sobre funcionalidades de um smartwatch. A característica mais básica é o contador de passos e o registro de batimento cardíaco durante atividades físicas.

Xiaomi Mi Band 3

Nesse segmento, a melhor opção é a Mi Band 2 e Mi Band 3, que já tem recursos bem interessantes. Com elas você consegue receber as notificações do seu aparelho, medir batimentos cardíacos, contar passos e até registrar alguma atividade física mais tranquila como corrida, caminhada ou bicicleta e monitorar o seu sono – função essa que utiliza os batimentos cardíacos para definir sono rem ou profundo.

Com uma interface muito simples e funcional, ela é fácil de usar, e claro, não vai ter uma baita de uma precisão por falta de um GPS e de um leitor de batimentos mais completo. O que muda da Mi Band 2 para a 3 é mais o design e umas coisinhas pequenas, e as duas conseguem durar por várias semanas ligadas com sua tela mais básica, então vale considerar o quanto você quer gastar. Aliás, o diferencial delas é justamente esse: preço.

Huawei Band 2 Pro

Para quem não quer gasta tanto e só prioriza a presença do GPS em uma smartband, eu recomendo a Huawei Band 2 Pro, que tem tudo o que tem na Mi Band mais GPS. Ele dura também tipo uma semana, mas se você ligar o GPS, o tempo de uso é de 2 a 3 horas. Então se for sair pra correr tem de estar com ela bem carregada para não perder os dados.

Zeblaze Vibe 4

O Vibe 4 da Zeblaze é um modelo que tem uma cara mais analógica – ele aparentemente não parece smartwatch mas quando está conectado com seu smartphone consegue te notificar das chamadas, SMS e, enfim, tudo que você conseguir configurar através do aplicativo.

Ele custa quase a mesma coisa que as Mi Bands e não tem tantos recursos como GPS, sensor de batimento cardíaco, essas coisas todas, mas já é um modelo bem interessante se você está pensando em só ter notificações no pulso. Sem falar que ele é muito bonitão e tem mais a cara de um relógio de verdade.

Xiaomi Amazfit Verge

Mas voltando pra Xiaomi, a linha Amazfit é extremamente consistente em todas as faixas de preço e em todos seus produtos, então dá para basicamente recomendar qualquer equipamento deles. O último modelo e o mais completo dessa lista é o Amazfit Verge, que já adiciona recursos como tela amoled e o GPS ainda mais preciso que as gerações anteriores, sem falar da bateria que está bem melhor.

Além disso você tem uma memória interna de quatro gigabytes que serve para armazenar suas músicas ou podcast que podem ser reproduzidos através do Bluetooth com seu fone de ouvido conectado diretamente nele. Dessa forma, você pode deixar seu celular em casa sem nenhum problema e ir correr só com o relógio e o fone.

Ele consegue armazenar até 7 dias de atividade física, o que no final das contas ajuda a economizar bateria, já que ele não precisa ficar conectado constantemente ao seu aparelho. O Amazfit Pace, a primeira versão dessa linha, acabou virando o Verge. O grande motivo dessa atualização é a bateria que foi de 5 para 7 dias no uso mais intenso, usando GPS para corrida, monitoramento de sono e player de música durante as atividades físicas.

Em termos de funcionalidade é mais ou menos a mesma coisa, então se você quer economizar uma grana, vale a pena ir no Pace porque ele também tem o GPS e memória interna, agora se se você quer um modelo mais novo e consequentemente mais atualizado, vale a pena ir direto para Verge por conta da tela de melhor qualidade, que é muito mais definida e econômica que a anterior.

Acho que vale a pena a gente comentar também sobre o Amazfit Pace 2 Stratos que é uma versão desse modelo que eu acabei de comentar, mas que adiciona recursos para galera que gosta de natação, porque este é um dos poucos modelos capazes de reconhecer este tipo de atividade física e dar as informações que você necessita. O preço dele é um pouquinho mais salgado, mas você consegue algo ligeiramente mais estiloso mesmo dentro da água.

Samsung Gear Fit2 Pro

Eu falo isso porque a Samsung tem o Gear Fit2 Pro aqui no Brasil por um preço bem similar, até um pouquinho menor e que perto dos 800 reais entrega basicamente a mesma coisa que o Stratos só que em formato de pulseira e sinceramente, com uma integração bem mais completa com os aplicativos e com os celulares da empresa.

Vale ficar atento que só a versão Pro tem proteção contra água, mas como é só ela basicamente que está sendo vendida, vai ser difícil errar. O diferencial dele também é a capacidade de ter um e-sim conectado ao chip da sua operadora e fazer chamadas e ter todos os aplicativos funcionando de forma independente do seu smartphone, utilizando somente o 4G do seu relógio.

Para ter todas as funções do Fit2 Pro com um design um pouco mais esportivo, o Galaxy Watch é provavelmente uma das melhores opções nacionais, tanto em construção como bateria, função e tudo mais. Recomendadíssimo.

Xiaomi Amazfit Bip

Para quem quer gastar menos, uma dica interessante é a Amazfit Bip, que apesar de ser um pouco mais simplista no design e parecer muito com o Apple Watch, já conta com GPS e recursos de monitoramento de atividades físicas. Onde ela fica devendo mesmo é na memória interna, pra adicionar suas músicas e em funcionalidades mais completas.

Um ponto muito positivo dos modelos da Xiaomi é que eles conseguem se conectar com o aplicativo Strava, que é uma plataforma para corredores, ciclistas e outros tipos de execícios externos.

Dois modelos importados que eu não gostei muito são o Zeblaze Thor 4 e o Kospet Brave. Eles basicamente são celulares em formato de relógio, utilizando 4G, atendendo chamada e com disponibilidade de aplicativos da Play Store, mas isso faz eles serem tão gastões de bateria que você vai ficar mais tempo com ele na tomada que no braço e daí perde todo o sentido.

N58 ECG

Um modelo bem legal e que eu não tava confiando mas me impressionou foi o N58 ECG, que é um modelo focado em fazer a leitura dos dados do seu coração. Ele acaba devendo em algumas outras funções, como GPS e memória interna para músicas, mas dentro das opções de importados e dos nacionais e do mercado como um todo é um dos pouquíssimos modelos que oferecem eletrocardiograma direto no seu pulso. Essa função ajuda a melhorar a função de batimentos também. Testamos contra um equipamento especializado e o resultado foi bom.

Apple Watch Series 4

E pra fechar, deixa eu comentar um pouco mais sobre o Apple Watch Series 4, que também é vendido no Brasil e ao contrário dos outros modelos que eu comentei, que funcionam com tudo, ele só funciona com iPhone. A família de smartwatch da Apple vem adicionando funções com o passar do tempo, e tem provavelmente a maior base de aplicativos.

Ele serve como um captador de informações e agora com a função de eletrocardiograma e uma grande tela se tornou uma opção bem interessante, e cara. Apesar de aceitar 4G, o Spotify ainda não funciona sozinho na plataforma, o que é chato e que deve ser resolvido no futuro.

Então se você tá interessado nele é legal achar uma função específica. Eu, por exemplo, arranjei um aplicativo de tênis que monitora até o meu tipo de batida.

Qual é o melhor smartwatch?

Então assim, se tiver que recomendar qualquer smartwatch, eu escolheria 3 dessa lista. O primeiro deles é a Mi Band 3, que não custa caro e já é bem smart pra um relógio que não tem muitas pretensões com atividade física.

Se você quer começar a correr ou monitorar atividades ao ar livre vai precisar de algo mais potente como a Gear Fit2 Pro ou a Huawei Band 2 Pro, que tem pouca bateria.

Para o caso um modelo mais parrudo, eu indico o Amazfit Verge, que já tem uma bateria bem legal e o próprio Samsung Watch que é versátil. Agora, Apple Watch só para quem realmente achar um valor ou diferencial nele, e claro, pra quem tem iPhone.

1 Comment
  1. To pensando em comprar a Mi band 4 será que vale a pena agora?

Leave a reply