Lenovo Tab4 8 Plus: vale a pena importar?

Não é a primeira vez que eu falo da carência do setor brasileiro. Em um cenário onde se paga R$1.500,00 em um equipamento com 16GB, o Lenovo Tab4 8 Plus tem um nome e custo benefício bem acima da média. E eu vou te explicar o porquê!

Eu acho que mesmo dentro do segmento de tablets nós temos algumas categorias de uso por tamanho. Com 7 e 8 polegadas você fica mais livre para levá-lo por aí para ler um livro ou coisa do tipo, enquanto um modelo perto das 10 polegadas te dá mais área útil para trabalhar quase como um notebook.

O Tab4 8 Plus me surpreendeu por trazer em um corpo extremamente fino, de apenas 7 milímetros, uma configuração que as vezes você só acha em modelos maiores e isso abriu um bom leque de possibilidades.

Design

Esse modelo é um dos poucos que fogem do padrão e adotam uma traseira em vidro, um material mais premium. Ele também foge do padrão ao colocar os auto falantes em suas laterais em um acabamento chanfrado que os aponta diretamente para o usuário.

A qualidade desses falantes é superior a qualquer equipamento na mesma faixa de preço e ainda traz uma boa gama de opções de regulagem dentro do aplicativo Dolby Atmos que já vem instalado no sistema.

No lado esquerdo temos uma pequena bandeja para cartões micro SD e no lado direito ficam os botões de volume e o botão de ligar e desligar já está associado com um leitor de digitais.

Ele funciona muito bem e aceita até 5 dedos diferentes, o que faz boa parceria com o sistema de usuários e configurações que esse aparelho tem.

Gosto do fato dele já vir com USB-C, o que anda facilitando bastante meu dia, e da presença de uma entrada de fone p2 – os dois estão na parte superior do tablet.

Tela

A tela de oito polegadas é uma das coisas que mais me impressionou, já que além de contar com uma resolução de 1920x1200px, ela utiliza tecnologia IPS e brilho de pelo menos uns 450 nits, permitindo o uso em áreas externas com o brilho no máximo.

No geral, é importante comentar que ele pode riscar fácil na traseira e que 300 gramas o deixam bastante leve e confortável na mão, importante para você ler no ônibus em pé por exemplo. A taxa de contraste da tela aliás, facilita ler livros com a tela invertida – fundo preto e letras grandes.

Desempenho

Outro ponto legal é que da pra você baixar séries inteiras e levar nesse tablet aqui porque ele tem 64GB de espaço interno. Sim, você não ouviu errado, 64GB. Nem o tablet topo de linha da Samsung, o Galaxy Tab S3, tem 64GB de espaço e esse daqui tem.

Ele tem também 4GB de ram e um processador Snapdragon 625 que apesar de um pouco mais antigo é basicamente o “pau pra toda obra” dos intermediários e roda todos os jogos sem problemas.

PUBG vai no médio, alguns outros mais pesados podem ir no low, mas não vai ter nenhum que você tenha problemas pra rodar, o que é bem legal, já que o tamanho da tela te dá melhores possibilidades.

Ele é confortável a ponto de eu achar que o nintendo switch pudesse ter uma tela mais perto de suas medidas do que a atual.

Bateria e software

Outra coisa que é interessante é a bateria. Com 4850mAh foi possível conseguir de 8 a 9 horas de tela, um resultado que em um celular dá um dia e pouco de uso. Para tablets, dependende muito do seu tipo de uso.

Apesar de não ser dos melhores, o gasto em stand-by é baixo e o carregador de 10 watts quando associado com a entrada USB-C ajudam a você ter sua bateria recarregada em menos de 3 horas.

Para tablets, esse é um bom valor, mas você pode aproveitar algum carregador melhor do seu celular para conseguir acelerar esse processo. Então nesse ponto o Tab4 8 Plus não brilha, mas vai bem.

O software é uma versão do Android com design bastante característico, sem todas aquelas modificações de interface que Samsung e LG gostam de fazer.

Ele traz apenas algumas pastas pré organizadas com toda a suite de aplicativos da Google – que são bem úteis -, os aplicativos menos úteis da Microsoft, e claro, seus aplicativos proprietários como ShareIt e SyncIt que são inúteis, e felizmente podem ser desinstalados.

Ele chegou com Android 7.1.1, fez algumas atualizações mas é bem provável que nunca vá para o Android Oreo ou coisa do tipo.

É possível conectar em redes 5Ghz com esse equipamento, que tem opções com e sem 4G. Essa daqui é sem 4G.

Outra coisa muito legal nesse tablet aqui é o GPS que funciona bem e que pode fazê-lo virar sua central de controle no carro, justamente por conta dessa portabilidade e desempenho.

As câmeras me surpreenderam. A traseira tem uma lente de 8 megapixels com foco automático que pode ajudar bastante a tirar uma foto de aula, de um código de barras ou algo do tipo. Ela tem a qualidade de um celular na faixa dos 700 reais.

O mesmo vale para a frontal de 5 megapixels que vai bem em conferências. Eu não vou entrar muito nelas porque são mais utilitárias, mas poxa, eu já gostei bastante para esse tipo de uso.

Conclusão

Com tudo o que eu falei já dá pra ver que eu gostei bastante do Lenovo Tab4 8 Plus, seja pelo seu tamanho, tela ou desempenho.

Não tenho do que reclamar, já que ele é bastante consistente e entrega uma experiencia multimídia superior justamente por conta dos seus falantes com tecnologia Dolby Atmos.

Custando um pouco mais de R$1.000,00 (sem taxa) esse daqui não é um tablet barato, mas entrega tudo o que promete pelo preço.

Se você quer algo mais consistente para também jogar e ter espaço, será uma ótima escolha, senão os modelos mais baratos da Lenovo ainda são bem legais.

8 Total Score
Lenovo Tab4 8 Plus

Uma ótima opção de tablet trazida pela Lenovo que nós só desejávamos que fosse lançada por aqui, já que oferece muita coisa que o mercado de tablets no Brasil deixa a desejar.

User Rating: Be the first one!
Diga o que você achou

Leave a reply