Oukitel U18: deu certo copiar o iPhone X?

€115,43
128,56
Gearbest.com
€115,43
128,56
Gearbest.com

2018 é o ano do notch, não tem o que discutir sobre isso. Apple lança tendência, os chineses adoram e um monte de opções pipocam na internet e nas importações. O Oukitel U18 é provavelmente o celular mais barato dessa categoria, e na boa, se esforça pra tentar enganar desavisados, que podem achar q realmente é um iPhone X.

Mas por 160 dólares será que ele realmente vale a pena?

A Oukitel é uma marca que eu particularmente sempre fiquei interessado, os caras são rápidos para trazerem cópias de celulares topo de linha e colocar recursos interessantes em modelos baratos.

Design

No caso do Oukitel U18 tivemos o notch e o layout mais arredondado, características do iPhone X. E se de frente da pra enganar bem, todo o resto acaba por denunciar o aparelho, que além de ser extremamente grosso, pesa 215g, tem um acabamento em metal, câmeras duplas centralizadas, leitor de digitais e um acabamento que lembra muito a linha Mate da Huawei.

O acabamento das laterais é bem legalzinho também e temos uma bandeja híbrida para dois chips de operadora ou um acréscimo de espaço.

Desempenho

Nesse ponto o Oukitel surpreende. O modelo que temos em mãos conta com 64GB de armazenamento, sendo que 50GB em média ficam livres para você usar da forma que quiser.

Eu achei que tinha alguma coisa ai e fui atrás das velocidades porque já vi casos de celulares baratos terem armazenamento lento, mas fiquei impressionado quando aferi a média de 125MB/s na gravação de dados!

Com isso, é fácil e rápido instalar aplicativos sem gargalos. Parece que não, mas o Vibe K5 veio com um armazenamento ruim e por fora parecia incrível.

Onde dá pra perceber que a empresa economizou é no processador Mediatek 6750T, um octa-core de 1,5Ghz que segura um pouco o celular. Em números de benchmark ele se equipara ao Snapdragon 450. Esse processador não te habilita a usar redes 5Ghz.

Temos ativada a banda 8 ou 2600Mhz que pelo menos para a Tim aqui em São Paulo funcionou. Vale checar na página do produto que está na descrição se a sua frequência está sendo contemplada.

Breakneck sofre quedas de frames que já começam a incomodar e jogos como PUBG e Free Fire dão travadas pesadas quando acontece muita coisa na tela. Dá pra jogar, mas você vai sentir que ele sofre.

Faltam sensores para jogos como Pokémon Go, afinal, só temos sensor de luz para a regulagem da tela e para desligar a tela enquanto você está com ele no ouvido.

Por isso também, o GPS é bem mais ou menos, então não invente de ter esse seu celular aqui para trabalhar de Uber.

Tela

Mas vamos falar de coisa boa, a tela! Esse equipamento ai conta com um display de 5,85 polegadas que tem uma cor, brilho e contraste acima da média pra sua faixa de preço. Sem brincadeira, ela é bem bonita e claro, tem o notch, dando esse ar de iPhone que algumas pessoas vão gostar.

Empresas maiores como a Asus, Huawei e OnePlus implementaram o notch junto com funcionalidades e adaptações para não perder nenhuma informação, coisa que não acontece por aqui, já que o Android é basicamente inalterado.

Com isso, além de alguns ícones ficarem escondidos, para puxar as notificações você precisa ir até lá em cima no canto, um incômodo em um celular desse tamanho.

Fica também de fora aqueles ajustes para transformar aplicativo em 18 por 9 ou até mesmo para o YouTube funcionar nesse formato, fácil de encontrar em qualquer outro modelo.

A tela, apesar de bonita é 720p, então você também perde um pouco de resolução na hora de assistir vídeos. O problema de aparelhos mais baratos é justamente isso. A empresa faz escolhas do que acha importante para entregar algo razoável.

Falando disso, o leitor de digitais presente na traseira do equipamento é legal e permite que você cadastre até 5 dedos.

A empresa promete um tal de face unlock – que é a modinha atualmente -, mas com uma câmera fraca de 13 megapixels estava claro que essa função não funcionaria bem. Ainda por cima, não é possível usar o leitor de digitais e o face unlock em conjunto, o que dificulta bastante a vida.

Bateria

A bateria é pelo menos legal, com 4.000mAh e um carregador de 10W que a carrega em 2 horas e meia. Com toda essa capacidade de armazenamento é possível conseguir entre 8 e 9 horas de tela.

Se não fosse por um problema sério estaria tudo perfeito. O conector USB-C do Oukitel u18 é mais longo do que o normal. Então qualquer lugar que você vá e que tenha um cabo USB-C, será inutilizável, porque ele não alcança o contato na porta USB-C do celular.

Isso parece ser um erro de projeto, porque justamente muda algo que é padronizado para não acontecer esse tipo de problema em compatibilidade.

Câmera traseira e frontal

Na traseira temos um par de lentes. A primeira tem 16 megapixels e a segunda 5 megapixels, pra resumir bem ela é ruim e bem abaixo da faixa de preço do aparelho atualmente. Está mais perto dos equipamentos de 100 dólares.

Em boa luz ela até que engana com uma coloração forçada e bastante processamento depois da imagem ter sido tirada.

Em vídeo, a câmera chacoalha muito e o modo retrato – no qual a segunda câmera deveria ser ativada – é feito apenas por software e de forma bem porca.

Não encontrei nenhuma função que utilizasse a segunda câmera sozinha, então tenho minhas dúvidas quanto a sua utilidade.

A frontal de 13 megapixels parece que é de mentira também, porque é basicamente impossível sair focado nela, em boa ou baixa luz. Não sei o que acontece, mas simplesmente tudo sai sempre borrado.

Como eu comentei, é essa câmera que faz o face unlock, então esse sistema me deixa ainda mais preocupado com segurança, já que não deve ser difícil enganá-lo, uma vez que está tudo borrado.

Conclusão

Sabendo de tudo isso que eu já comentei, fica fácil chegar a conclusão de que o Oukitel U18 só vale a pena se você quiser curtir o fato de ter um celular parecido com iPhone X sem pagar 7 mil reais por isso.

Suas câmeras são fracas, seu desempenho apenas razoável. Alguns pontos como o carregador e a tela tem suas limitações, e a probabilidade de ter seu sistema atualizado é provavelmente nula.

O Redmi 5 é um aparelho muito mais consistente, com atualizações e suporte, e com uma configuração bem parecida na mesma faixa de preço. Eu recomendo mais ele para aqueles que precisam de um celular funcional.

Esse daqui, bem… serve pra tirar onda e ter um “tequinho” de iPhone na sua vida.

5.5 Total Score
Oukitel U18

Um celular que definitivamente veio como uma cópia do iPhone X, mas que infelizmente decepciona em vários pontos críticos que o transformam em um aparelho difícil de indicar.

User Rating: Be the first one!
Diga o que você achou

Leave a reply