Monitor Samsung Ultrawide curvo com frequência rápida de 100Hz

O Samsung LC34F791WQLXZD é um ultrawide curvo, grande e caro, então será que vale a pena investir nele? É o que eu vou te contar.

Monitores são provavelmente uma das melhores formas de você obter ganhos de produtividade, principalmente os ultrawide. É possível colocar mais coisa na tela em paralelo, ter uma percepção melhor do que está sendo apresentado e o prazer de usar uma tela grande.

Design

Logo de cara a caixa do monitor me deixou surpreso. Diferente de outros modelos mais simples da Samsung, ele já vem com o seu suporte montado na caixa.

Ele conta com um sistema de ajuste de altura que é extremamente ergonômico e que faz falta em outros monitores – que geralmente ficam em cima de livros e afins. Sem a necessidade dos livros, fica bem mais fácil deixar a área clean e preparada para um bom dia de trabalho.

Aliás, vai faltar espaço pra deixar bagunça, porque temos 80cm de largura por pouco mais de 36cm de altura, o monitor é realmente grande.

Justamente por isso, o equipamento consegue manter uma curvatura maior, de 1500R. Se você tivesse um monitor menor não ia se sentir tão “abraçado”.

Apesar de um pouco estranho no começo, o monitor curvo é bastante confortável depois que você se acostuma e parece que seu cérebro começa a corrigir um pouco mais as curvas.

Para pessoas que precisam trabalhar com linhas retas, no ramo de design, você vai precisar prestar mais atenção para ver se as coisas não estão realmente tortas.

Eu já estou comentando isso agora, porque esse é um monitor focado em pessoas que procuram uma boa precisão de cores.

Display

A empresa promete uma cobertura de 125% do espectro sRGB através de um painel VA com resolução 3440x1440px.

Essa resolução é realmente necessária a partir do ponto em que começamos a aumentar a tela, então apesar do seu computador sofrer um pouco mais, tenho certeza de que você sofreria com uma resolução menor.

Segundo a Samsung, só se é possível chegar nesse patamar de cores através da tecnologia de iluminação aplicada nas suas TVs topos de linha, os pontos quânticos.

Além disso, o monitor tem uma taxa de contraste de 3.000:1. Segundo testes do pessoal da PC Monitors, uma equipe de testes lá de fora, esse número chegou no máximo em 2725:1, o que é realmente perto. Para mim, o contraste é bom mas não me impressionou.

Para quem não entende, as cores também não são muito melhores do que as dos modelos mais baratos como o Samsung LC27F591FDLXZD, que já faz um belo estrago por um preço bem menor. Se você não liga pra acuracidade de cores e formato ultrawide, mas quer um monitor curvo, dê uma olhada nele.

O modelo ultrawide conta com 4ms de tempo de resposta e 100hz de taxa de atualização. Tem gente que prefere 144hz ou mais, mas você tem de ser muito hardcore no CS para se incomodar com a taxa de atualização e resposta desse monitor, porque tudo funciona muito bem.

 

É uma delicia jogar com mais espaço de tela, já o efeito de imersão por conta do campo de visão maior e por conta da curvatura funciona muito bem.

A empresa promete um ângulo de visão de 178º para cada lado, e olha, apesar de no centro você estar bem “seguro”, conforme se inclina para os lados começa a perder em precisão de cor.

Se você é uma pessoa que trabalha sozinha, pode não se importar, mas se chamar alguém para aprovar sua arte e ela ficar de fora, vocês podem ter percepções diferentes. Para qualquer outro tipo de profissional que não se importa com isso, as mudanças não são grandes a ponto de incomodar.

Conectividade e som

Esse monitor aqui já gasta um pouco mais do que o normal até pelo seu tamanho – de 55 a 73W/h dependendo de como você ajustou as configurações.

Temos ainda na traseira duas entradas HDMI, sendo uma delas capaz de utilizar o Freesync, uma entrada display port com a mesma capacidade, uma entrada USB 3.0 e uma porta de serviço, que serve para você conectar ao USB do seu computador e transformar as duas outras entradas USB e entrada de fone de ouvido numa extensão do seu computador, ótimo para esses notebooks novos que limitam as conexões.

Aliás, deixa eu aproveitar para falar de som. Esse monitor aqui vem acompanhado de duas caixas de 7W que quebram um galho. Eu esperava mais de um monitor de 5 mil reais, afinal, é fácil comprar caixas melhores externas por 200 reais.

Outro ponto chato é que assim que o computador é conectado no HDMI, o som passa diretamente para o monitor e te impede de alterar o volume pelo computador, fazendo com que você tenha de se esticar e usar o sistema da Samsung, localizado na parte traseira e em formato circular.

Esse controle é basicamente o mesmo encontrado em todos os modelos da marca, desde o mais barato até esse, que é basicamente um topo de linha.

Nesses menus você começa a ter acesso à algumas possibilidades interessantes desse monitor. É possível ligar duas fontes de vídeo simultaneamente e dividir a tela no meio, isso é chamado de picture by picture.

Também é possível deixar uma fonte de vídeo principal e adicionar uma fonte de vídeo secundária por cima, no cantinho, que é chamado de picture in picture, e que pode ocupar até 25% do espaço total da tela.

 

Eu achei que faltou um pouco mais de opções para realocação de janelas (coisa que a LG oferece), mas devo dizer que eu uso ferramentas nativas então não senti tanta falta.

É possível também acessar vários tipos de regulagem, de opções de economia de energia e é claro, realizar as configurações padrão de um monitor com aquele modo noturno e tudo mais.

Todos os tipos de cabos já estão presentes na caixa e olha.. esse monitor é um pouquinho pesado – totalizando 7 ponto 6 quilos.

Conclusão

No fim, esse monitor da Samsung vai bem em todas as frentes. Ele é bonito, grande, de alta resolução, com boa taxa de frequência, mas pra mim, ele tem dois problemas: o primeiro é o preço – R$6500 no lançamento -, ele se estabilizou na faixa dos R$5.000, onde tem concorrentes bem mais específicos para seus segmentos.

Esse é o segundo ponto. Gamers podem querer monitores com 144 hertz e designers podem querer um modelo flat para que não ter problemas com linhas retas.

Eu gostei, aproveitei, acho que é um produto que atua bem em todas as frentes, mas pararia em um C27F591, que apesar de um pouco menor e na proporção 16:9, já resolve a maioria dos meus problemas por menos.

8 Total Score
Monitor Samsung LC34F791WQLXZD

Apesar do preço alto, o monitor ultrawide curvo da Samsung consegue atrair um público exigente, com ótima precisão de cores e frequência de 100Hz com tempo de resposta de 4ms.

User Rating: Be the first one!
Diga o que você achou

Leave a reply