Vernee Mix 2: quem sabe na terceira geração

Mais uma marca chinesa vem tentando ter seu lugar ao sol com uma proposta de hardware parrudo, Android sem bloatware e design interessante. Mas será que entre tantos outros modelos, o Vernee Mix 2 se sai bem? É o que vou responder.

Aqui no Escolha Segura a gente já tinha decidido que só faria review de produtos chineses se eles fossem realmente bons ou se valessem muito a pena nossas dez ou doze horas de roteiro, edição, gravação e finalização.

Convenhamos, é meio difícil indicar um produto que atenda todas nossas expectativas custando por volta dos mil reais e ainda sendo importado, já que tem todo o rolê da taxa de importação, o tempo para o produto chegar, a falta da garantia e ainda deficiência na assistência técnica, caso dê algum problema.

Nada contra a importação de smartphones e tudo mais, mas são problemas que vocês precisam estar cientes que podem rolar.

Design

A Vernee é uma marca chinesa dessas que tem o site meio feio e com o inglês capenga. Ela é claramente menos gabaritada do que Huawei e Xiaomi da vida. Mas poxa, eu sempre fiquei interessado pelos equipamentos que parecem bonitos. Com o Vernee Mix 2 não foi diferente. Ele é uma clara inspiração no Mi Mix, por conta das bordas superiores e laterais, mas bem mais barato.

Esse tipo de design leva a um aproveitamento de tela que chega em 84% da parte frontal, taxa similar ao Galaxy S8, e o sensor de impressão digital teve que ir pra parte de trás, ponto onde eu acho que funciona de uma forma mais fluida e sem muitos erros na hora de desbloquear o aparelho.

A parte traseira aliás é de vidro, pega bastante marca de dedo, mas ainda é bonita. Outra alteração importante para manter o aproveitamento de tela foi a transferência da câmera para a parte inferior. É chato você ter de ficar virando para tirar uma foto correta e eu já falo mais daqui a pouco.

Ele ainda conta com a bandeja híbrida para usar dois chips de operadora ou um chip e cartão de memória, botões físicos de volume e power na lateral e a entrada p2.

As saídas do alto falante ficam na parte de baixo e mesmo tendo esses dois espaços na carcaça, só sai áudio por um dos lados. Infelizmente a conexão não é USB-C, então, ainda não dá pra aposentar totalmente o micro USB.

Com o produto na mão, você tem a sensação do peso ser um pouco acima da média, e justamente, é mais pesado sim. Com uma forma mais quadrada e espessa, esse modelo pesa 208g, mas se for no detalhe, 23g a mais que o Galaxy S9 Plus que eu estou usando como daily driver. Nas dimensões ele possui praticamente o mesmo tamanho de um Zenfone 4, mas diferente dele, uma tela maior, com 6 polegadas.

Tela

Aproveitando o tema, deixa eu falar da tela, que é um ótimo custo benefício pelo seu preço. Eu falo isso porque a nova proporção de 18:9 dá uma imersão maior na hora de jogar um joguinho ou ver algum vídeo. A própria tela tem um nível de brilho acima da média na sua faixa de preço. Isso quer dizer que ainda sofre um pouco em situações com muita luz, não é como em um flagship, mas vai bem na maioria do tempo. Gostei também do espectro de cores, uma característica do IPS, tecnologia utilizada por aqui.

Vale comentar que a tela tem resolução Full HD, coisa que alguns modelos de mesmo preço ainda não entregam dentro os modelos de importados.

A impressão que se tem ao usar o Vernee Mix 2 pela primeira vez é que ele custa um pouco mais caro porque o design, principalmente a traseira em vidro são de equipamentos mais caros. O que o coloca um pouco pra trás mesmo é essa pegada de tijolo dele que tira um pouco do brilho.

Desempenho

Mas como sempre rola nesses aparelhos importados, de nada adianta ser bonito e não ter especificação, né?
Um dos diferenciais do Vernee Mix 2 é a sua bateria, de 4200mAh. Ela está um pouco acima da média, e o legal é que tem uma otimização mediana. Eu consegui um dia de uso e ainda sobrou bateria com uma certa folga, uns 30, 40%. Isso quer dizer que ele ficou ali perto das 8 horas de uso, coisa que um Moto G6 Plus com 3200 mAh também alcança.

Além de películas pra tela e capinha de TPU, na caixa do produto vem um carregador quick charger que chega a 2A de corrente com 9V, o que é legal. Isso significa que com pouco mais de uma hora e meia você carrega por completo a bateria do aparelho.

Eu comecei a análise falando da experiência de Android nesse produto e bem, vamos lá. Rodando um Android 7.0, que sinceramente não deve receber atualizações futuras, o hardware desse equipamento conta com bons números, já que o processador Helio P25 é um octa core de 2,5GHz. Ele conta também com 6GB de RAM e 64GB de armazenamento.

Isso tudo de hardware, mesmo não sendo tão otimizado, é suficiente para entregar uma experiência bem fluida em um Android sem aplicativos desnecessários. Vale pontuar que também está disponível uma versão desse produto com 4GB de RAM e 32GB de armazenamento por um preço um pouco menor e que pode ser uma boa pedida para quem preza mais pelo entretenimento no celular.

Com essa combinação mais parruda, eu consegui rodar aplicativos numa boa e até mesmo alternar entre eles de forma tranquila, já que ter tanta memória RAM faz muito bem pra manter os apps em segundo plano sem precisar ficar fechando a todo momento.

Na parte de jogos, onde ele tira proveito de uma GPU Mali T880, vai muito bem também. Aqui no QG nós rodamos alguns títulos como Breakneck, PUBG e Real Racing 3 sem notar nenhuma queda de frames ou lentidão, que acontecem com uma certa frequência em equipamentos mais básicos e pouco otimizados.

Além disso, ele tem conexão 4G já compatível com as bandas brasileiras, Wi-Fi de 5GHz, GPS e GLONASS, que permite uma precisão maior e funciona de uma forma bem tranquila, além de rádio FM.

Resumindo tudo, se você quer um celular com boa tela e desempenho para jogos, esse aqui pode ser um bem legal, até porque, a mesma experiência não é mantida nas câmeras, que são horríveis. Geralmente eu espero uma qualidade pior de modelos da China, mas esse aqui me surpreendeu.

Câmera traseira e frontal

São duas câmeras na parte traseira, uma delas com 13 megapixels e a outra com 5 megapixels com abertura de f/2.0 e flash led duplo.

Você até consegue fazer algumas fotos bacaninhas quando o cenário está bem iluminado, como um pôr do sol ou até mesmo em ambiente aberto, mas a foto não tem nitidez e nem brilho. Se for pra comparar com os equipamentos nacionais, ele fica parecido lá nos equipamentos de entrada como o Moto E5.

Pra se ter uma ideia, no modo blur, único lugar onde a câmera secundária é utilizada, você controla o tanto de desfoque da foto numa espécie de aro em torno do objeto. O recorte é tão mal feito que parece aqueles aplicativos mais antigos ou o filtro gradual do Instagram, por exemplo. É melhor você tirar a foto no modo normal, usar o afterfocus, ou app semelhante, e tentar simular esse efeito que garanto que você vai conseguir um resultado muito melhor.

A câmera frontal então, nem se fala. Como eu disse lá atrás, ela está muito mal posicionada e pra quem é destro, por exemplo, vai ficar tampando a câmera com a palma da mão se insistir em usar segurando da forma mais convencional, já que fica faltando aquele ajuste no layout do equipamento, como no Mi Mix, em que você pode virar o smartphone de cabeça pra baixo pra fazer uma foto menos pior.

Na parte de vídeo ele é capaz de fazer filmar em resolução Full HD a 30 quadros por segundo, mas em nossos testes o foco se mostrou lento, se perdia com muita facilidade e o balanço de branco é meio confuso, estourando a filmagem com uma certa frequência.

Na câmera frontal, mesma coisa. É o suficiente pra uma chamada no Skype, passar vergonha e só.

Conclusão

No final das contas esse aparelho aqui entrega uma experiência de Android quase puro que provavelmente não será atualizado, hardware que dá conta de rodar os principais apps e jogos, uma tela muito bonita pra consumo de mídia, bateria que vai permitir que você chegue a um dia de uso completo e uma câmera decepcionante.

Sua construção é ok mas não me passou muita confiança. Custando perto de 150 dólares no modelo mais básico, o Vernee Mix 2 entrega mais do que o esperado em desempenho e tela, então pode ser a opção daqueles que só buscam isso em um celular.

7 Total Score

User Rating: Be the first one!
1 Comment
  1. Obrigado!

Leave a reply