Celular XIAOMI é realmente bom? | Análise dos Modelos 2017

Se nos últimos anos você em algum momento pensou em comprar um celular importado certamente se deparou com a Xiaomi, uma das maiores empresas do mercado Chinês.

Mas será que os aparelhos dela são realmente bons?

É disso que eu vou falar hoje!

E para isso, vamos passar pela história da marca e analisar cada um dos MUITOS modelos que estão no mercado atualmente, checando a qualidade e o custo benefício de cada um, afinal, podem existir modelos com melhor custo benefício dentro de uma mesma linha de celulares.

Vamos lá?


Nós também temos um vídeo!!

Se você está com aquela bela preguiça de ler todo o conteúdo, nos fizemos uma análise em vídeo de todas as marcas.

Depois, é só você voltar aqui para conhecer mais alguns modelos interessantes!!

 

História da Marca

Então vamos lá! Criada em 2010, a Xiaomi é uma empresa que logo de cara recebeu bastante atenção e consequentemente investimento de empresas como a Qualcomm e Holdings ligadas ao governo de Singapura.

Eu falo isso porque não teria como ela ter crescido o tanto que cresceu sozinha, sem uma estrutura e parcerias.

Com uma estratégia de quase não gastar em marketing e vender quase que diretamente para o consumidor, a Xiaomi conseguiu reduzir custos e criar uma base de usuários bastante fiéis, durante aquele período. O crescimento da empresa foi vertiginoso nesses anos, onde ela alcançou a liderança na China em 2014.

E se você achou pouco a empresa fechar com 60 milhões de aparelhos vendidos em 2014, em 2015 ela conseguiu crescer para 70 milhões de unidades vendidas.

Só que apesar desses números parecerem muito bons, a verdade é que de lá para cá a Xiaomi foi caindo de posições no mercado e da primeira posição passou para a quinta no mercado chinês, com apenas 10% de fatia de mercado.

E não é que a empresa lançou equipamentos ruins não!

Existem diversos fatores que influenciaram essa perda: o primeiro deles é a tendência dos chineses de mudarem de marca com frequência. Outro ponto foi a entrada de outras empresas no mercado usando tanto técnicas de divulgação e distribuição muito parecidas com a da Xiaomi, como com equipamentos muito mais maduros. A competição ficou mais acirrada mesmo. Você pega a Oppo e Vivo fazendo equipamentos baratos e a Huawei entregando equipamentos que tem uma cara própria e que realmente trazem alguma inovação – mas isso fica para o vídeo deles.

E por fim tem a diminuição de demanda do público que não tinha smartphone e que agora tem, mas ficará um tempo sem atualizá-lo.

No mercado Indiano, por outro lado, a Xiaomi continua se dando bem e cresceu 15% no ultimo ano, por exemplo. E aliás, tá ai um ponto porque a marca vem caindo um pouco, a falta de expansão. Em 2015, por exemplo, a Xiaomi tentou vir aqui pro brasil e introduziu o Redmi 2, que vendeu bem, mas a marca não entendeu que precisaria mudar a estratégia de distribuição e preço por conta do nosso mercado e saiu do país um pouco depois. E isso não ocorreu só por aqui, tá?

 


MODELOS

 

REDMI 4A

Então vamo lá!

A Linha Redmi é a mais barata entre os modelos da Xiaomi e o equipamento mais barato entre esses é o Redmi 4A , que fica um pouco abaixo dos 100 dólares, ou 500 reais em conversão direta mais taxas. Esse é um equipamento lançado no final do ano passado e que conta com um processador snapdragon 425, tela de resolução HD de 5 polegadas, 2GB de RAM e opção entre 16 e 32gb de memória interna. O equipamento conta com uma bateria bem decente e que dependendo do uso pode durar pouco mais de um dia, mas a verdade é que decepciona na parte de câmeras, apesar da traseira ser de 13 megapixels e a frontal de 5 megapixels.

Se você precisa de um telefone simples e barato, a linha 4 é provavelmente a melhor opção, já que possui software e hardware consistente, sem alguns bugs ou problemas que outras marcas desconhecidas podem trazer.

Especificações: 

  • Processador: Snapdragon 425 | 1.4Ghz Quad-Core
  • Armazenamento Interno: 16GB
  • RAM: 2GB
  • Bateria: 3120 mAh
  • Conexão: Dual Chip | 4G
  • Tela: 5 polegadas – 1280×720
  • Câmera Traseira: 13MP
  • Câmera Frontal: 5MP

 

Onde Comprar: 


REDMI 4

Lançados também em Novembro de 2016, o Redmi 4 é uma pequena evolução do Redmi 4A, quer dizer, o Redmi 4A que é uma versão um pouco mais simples do Redmi 4 – Ele conta com um processador Snapdragon 430 e melhor bateria, configuração que você encontrará aqui no brasil em modelos na faixa dos 800 reais, por exemplo. Eu particularmente acho que vale muito a pena investir um pouquinho mais em um Redmi 4 ao invés do 4A para usufruir do desempenho e bateria. Novamente, a câmera é fraquinha, então não espere horrores dela.. É apenas usual.

Especificações: 

  • Processador: Snapdragon 430 | 1.4Ghz Octa-Core
  • Armazenamento Interno: 16GB
  • RAM: 2GB
  • Bateria: 4100 mAh
  • Conexão: Dual Chip | 4G
  • Tela: 5 polegadas IPS | 1280×720
  • Câmera Traseira: 13MP
  • Câmera Frontal: 5MP

Onde Comprar: 


REDMI 4X

Só que como a Xiaomi não para quieta, eles tinham de atualizar o Redmi 4. A versão 4X foi lançada agora no começo de 2017, é uma ligeira evolução do 4A – tendo como principais diferenças a evolução do processador do Snapdragon 425 para o 435, que não só é um octa-core como pode aguentar câmeras melhores e downloads mais rápidos de até 300megabites, Isso não importa muito aqui porque nem o Redmi nem nossa internet brasileira exige tanto assim do aparelho, mas é bom ficar informado. Além disso, tal processador permite carregamento rápido se você possuir um carregador próprio com esta função.

A bateria se mantem em 4100 mAh e aparecem opções com 3GB de RAM e 32GB de armazenamento interno começando em U$135, o que pode valer bastante a pena. Infelizmente, a versão de 4GB de RAM e 64gb de armazenamento está superfaturada.

Especificações: 

  • Processador: Snapdragon 435 | 1.4Ghz Octa-Core
  • Armazenamento Interno: 16GB
  • RAM: 2GB
  • Bateria: 4100 mAh
  • Conexão: Dual Chip | 4G
  • Tela: 5.0 polegadas – 1280×720
  • Câmera Traseira: 13MP
  • Câmera Frontal: 5MP

Onde Comprar: 

bot-descontech



REDMI 4 PRIME/INTERNATIONAL

Afinal, uma opção muito melhor seria o Redmi 4 prime, que apesar de contar com as 5 polegadas de todos os modelos que apresentamos antes já possui uma tela de resolução FULLHD e processador Snapdragon 625, conhecido pelo seu bom gerenciamento de bateria. O equipamento conta com 3GB de RAM e 32 de armazenamento, além dos mesmos 4100 miliamperes hora de bateria. Segundo reviews, as caixas de som dele impressionam, mas o único problema, novamente são as câmeras que permaneceram a mesma das outras versões e são de qualidade inferior ao que o resto do modelo entrega. Com preços iniciais em 150 dólares esse é outro excelente custo benefício!

Especificações: 

  • Processador: Snapdragon 625 | 2.0Ghz Octa-Core
  • Armazenamento Interno: 32GB
  • RAM: 3GB
  • Bateria: 4100 mAh
  • Conexão: Dual Chip | 4G
  • Tela: 5.0 polegadas – 1920×1080
  • Câmera Traseira: 13MP
  • Câmera Frontal: 5MP

Onde Comprar: 


REDMI NOTE 4 HELIO

O Redmi Note 4 Helio é um equipamento de 5.5 polegadas que foi lançado no ano passado com um processador Helio X20, que não era capaz de aceitar carregamento rápido e estava com um desempenho e autonomia um pouco abaixo do esperado.

Especificações: 

  • Processador: Helio X20 | 2.1 Ghz Deca-Core
  • Armazenamento Interno: 32GB
  • RAM: 2GB
  • Bateria: 4100 mAh | Fastcharge
  • Conexão: Dual Chip | 4G
  • Tela: 5.5 polegadas – 1920×1080
  • Câmera Traseira: 13MP
  • Câmera Frontal: 5MP

Onde Comprar: 


REDMI NOTE 4X

Por isso mesmo a Xiaomi decidiu trazer uma versão com Snapdragon 625 agora no começo de 2017, versão essa que virou a Internacional e que é particularmente a que eu recomendo, o Redmi Note 4X. Com um preço perto dos 170 doláres ou quase 900 reais em conversão direta mais taxas, é possível conseguir um equipamento com desempenho muito parecido com o A5 da samsung, Moto Z Play e afins. Denovo. A câmera é ligeiramente melhor mas é pior do que a dos modelos que comparei anteriormente.

E com isso acabamos os modelos Redmi atuais. E Antes de continuarmos, vale a pena comentar que modelos como o MI4 ainda podem ser encontrados por preços abaixo de 200 dólares. Tem também o MI4C e MI4S, mas na boa.. Não valem tanto assim e estão ultrapassados, então prefira qualquer um dos próximos modelos.

Especificações: 

  • Processador: Snapdragon 625 | 2.0 Ghz Octa-Core
  • Armazenamento Interno: 32GB
  • RAM: 3GB
  • Bateria: 4100 mAh | Fastcharge
  • Conexão: Dual Chip | 4G
  • Tela: 5.5 polegadas – 1920×1080
  • Câmera Traseira: 13MP
  • Câmera Frontal: 5MP

Onde Comprar: 


XIAOMI MI 5 STANDARD

Pertencente a linha mais conhecida da Xiaomi o MI5 standard foi lançado a pouco mais de um ano atrás com uma configuração bem parruda. O Snapdragon 820 já não era dos mais potentes na época mas é ligeiramente superior ao 625 em situações de alto uso de processador, como em jogos. Os 64GB de armazenamento e 3GB de RAM são o mínimo para um bom desempenho e a grande evolução aqui se comparado aos modelos anteriores é a construção e a presença de câmeras de melhor qualidade, que já contam com estabilização ótica e capazes de fazer 4K. Ele também já conta com carregamento rápido, um bom benefício apesar dos 3000mAh de bateria, um padrão atualmente.

Com um preço inicial de 224 dólares que se tornam mais de 1100 reais em conversão direta mais impostos, é uma opção bem legal, principalmente agora que ficou ligeiramente mais barato que no passado.

Especificações: 

  • Processador: Snapdragon 820 | 1.6Ghz Quad-Core
  • Armazenamento Interno: 64GB
  • RAM: 3GB
  • Bateria: 3000 mAh | Fastcharge
  • Conexão: Dual Chip | 4G
  • Tela: 5.15 polegadas – 1920×1080
  • Câmera Traseira: 16MP
  • Câmera Frontal: 4MP

Onde Comprar: 


 

XIAOMI MI 5S

O Xiaomi 5S é uma ligeira atualização do processador do MI 5, um leve incremento de bateria para 3200 miliamperes hora e é claro, um redesignzinho porque ninguém é de ferro, né? Meu deus.. Porque mudar, o outro era mó legal. Enfim.. O desempenho e a otimização de bateria é entre 5 e 10% melhor, com o principal diferencial desse processador sendo a presença do VR Software Develeopment Kit, essencial para ser compatível com o Google Daydream, por exemplo. Aliás.. Esse é o mesmo processador do Google Pixel.

Além disso, está mais fácil encontrar a versão com 128GB e 4GB de ram, que o MI5 tinha também, mas que não se encontra mais. A Câmera de 12MP conta com o sensor Sony IMX378, mesmo usado também no pixel e entrega uma boa resolução, apesar da estabilização não ser das melhores.

Especificações: 

  • Processador: Snapdragon 821 | 2.15Ghz Quad-Core
  • Armazenamento Interno: 64GB
  • RAM: 3GB
  • Bateria: 3200 mAh | Fastcharge
  • Conexão: Dual Chip | 4G
  • Tela: 5.15 polegadas – 1920×1080
  • Câmera Traseira: 12MP
  • Câmera Frontal: 4MP

Onde Comprar: 


XIAOMI MI 5S PLUS

Ah, e tem o MI5S Plus que conta com duas câmeras de 13MP para fazer o famoso formato Portrait. E é claro, outro redesign, afinal a Xiaomi adora isso. Enfim.. A verdade é que a câmera do MI5S possui uma resolução e qualidade melhor que a do 5S PLUS, tanto em resolução quanto em estabilização. Então o que era para ser uma característica que te leva a comprar o equipamento foi um tiro pela culatra. Eu não recomendaria pegar esse equipamento senão pela capacidade de 128gb de armazenamento e a tela maior, de 5.7 polegadas. Não vale.

Especificações: 

  • Processador: Snapdragon 821 | 2.2Ghz Quad-Core
  • Armazenamento Interno: 64GB
  • RAM: 4GB
  • Bateria: 3800 mAh
  • Conexão: Dual Chip | 4G
  • Tela: 5.7 polegadas – 1920×1080
  • Câmera Traseira: 13MP
  • Câmera Frontal: 4MP

Onde Comprar: 


XIAOMI NOTE 2

Subindo na escala de preço temos outro modelo copiado diretamente do S7, na cara dura mesmo. O Xiaomi Note 2 é muito legal…

Maaaaaaaaas tome cuidado porque existiu o Redmi Note 2, que é mais antigo e simplezinho. Sabendo disso, esse é um equipamento com desempenho excelente, mesmo processador do anterior, opção de 64 e 128gb de armazenamento e 4 ou 6gb de RAM.

A bateria é de 4070miliamperes hora, conta com carregamento QuickCharge 3.0, que tá de bom tamanho para suprir a tela de 5.7 polegadas, que como tem bordas menores, entrega um tamanho final menor que o do MI5S plus, que tinha mesmo tamanho de tela.

O equipamento tem uma câmera muito boa, com estabilização ótica e 22megapixels. Mas a verdade é que o Oneplus 3T tem mais qualidade nesse quesito pelo mesmo preço. Aliás.. Vale comentar que o modelo internacional é o de 6GB de ram e 128gb de armazenamento.. Nem tem como você pegar a versão mais simples, tá?

Especificações: 

  • Processador: Snapdragon 821 | 2.2Ghz Quad-Core
  • Armazenamento Interno: 64GB
  • RAM: 4GB
  • Bateria: 4070 mAh | Fastcharge
  • Conexão: Dual Chip | 4G
  • Tela: 5.7 polegadas – 1920×1080
  • Câmera Traseira: 22MP
  • Câmera Frontal: 8MP

Onde Comprar: 


XIAOMI MI MAX 2

Um equipamento que também fez sucesso em 2016 foi o Mi Max, um modelo de 6.44 polegadas que era enorme.. Quase um tablet. O Mi Max saiu de linha recentemente, porque agora teremos o Mi Max 2, lindoso, e 90% iphone7, na caruda MESMO.

O equipamento contará com 4GB de RAM, 64GB de memória interna, além de uma bateria de 5300 miliamperes hora para aguentar suprir essa tela toda. Esse é um valor bom mas não espere 2 dias de bateria, quem sabe um dia e meio. E promete 68% de bateria em apenas uma hora de carregamento através de um carregador TypeC, uma ótima vantagem.

A câmera traseira utiliza o sensor IMX386 o que é bem bom para um modelo nessa faixa de preço, mas a frontal parece ter sido deixada um pouco de lado. Uma ótima opção barata para quem quer parecer ter um Iphone 7 sem ter de pagar muito por isso. Na gearbest o equipamento será vendido a partir do final de junho com um preço inicial de 419 dolares e possibilidade de sair mais barato daqui um tempo, então eu esperaria um pouco.

Especificações: 

  • Processador: Snapdragon 825 | 2.0Ghz Octa-Core
  • Armazenamento Interno: 64GB
  • RAM: 4GB
  • Bateria: 5300 mAh | Fastcharge
  • Conexão: Dual Chip | 4G
  • Tela: 6.44 polegadas – 1920×1080
  • Câmera Traseira: 12MP
  • Câmera Frontal: 5MP

Onde Comprar: 


XIAOMI MI 6

O modelo mais recente da Xiaomi é o MI6, um equipamento que tentou juntar o que há de melhor em hardware à um preço competitivo com outros topos de linha. Ele conta com o Snapdragon 835, 6GB de RAM e opção entre 64 e 128GB de armazenamento que não é expansível, infelizmente. A tela de 5.15 polegadas é bem brilhante e de qualidade e o sensor de digitais funciona bem.

O equipamento não conta com entrada de fones de ouvido 3.5mm e trabalha com duas câmeras com aberturas diferentes que permitem um zoom de 2x e modo retrato para fotos. Apesar de possibilitar filmagens em 4K, parece que filmar em 1080p trás uma resolução melhor para o equipamento. A câmera frontal não é incrível, mas o mínimo que se espera para um equipamento nessa faixa de preço.

O equipamento já conta com bluetooth 5.0 e carregamento rápido de sua bateria de 3230mAh, que alias está muito bem otimizada com o snapdragon 835. Enfim.. É um equipamento bem consistente que já utiliza a MIUI em cima de um android 7.

Especificações: 

  • Processador: Snapdragon 835 | 2.45Ghz Octa-Core
  • Armazenamento Interno: 64GB
  • RAM: 6GB
  • Bateria: 5300 mAh | Fastcharge
  • Conexão: Dual Chip | 4G
  • Tela: 5.15 polegadas – 1920×1080
  • Câmera Traseira: Dual 12MP
  • Câmera Frontal: 8MP

Onde Comprar: 


XIAOMI MI MIX

E para fechar temos o primeiro celular da marca que não foi realmente uma cópia de outro – O Mi Mix, um equipamento sem bordas e com acabamento em cerâmica. Essa é uma evolução muito legal e que ditou o mercado agora em 2017 e quem sabe para 2018. Com uma boa taxa de contraste e brilho essa é uma tela muito boa para consumo de mídia e a bateria de 4400mAh não deixa nada a desejar em duração de uso.

De resto, ele não é um horror de supreendente não. Snapdragon 821, 4 ou 6GB de RAM com 128 ou 256GB de armazenamento interno sem opção de expansão além de uma câmera de 16mp e abertura de 2.0, que não chega perto de bater uma camera de topo de linha. A frontal é de apenas 5MP e decepciona um pouco também. É uma configuração até parecida com o MI5, que é ligeiramente mais barato.

Especificações: 

  • Processador: Snapdragon 821 | 2.2Ghz Quad-Core
  • Armazenamento Interno: 128GB
  • RAM: 4GB
  • Bateria: 4400 mAh | Fastcharge
  • Conexão: Dual Chip | 4G
  • Tela: 6.4 polegadas – 2040×1080
  • Câmera Traseira: 16MP
  • Câmera Frontal: 5MP

Onde Comprar: 

Se nos últimos anos você em algum momento pensou em comprar um celular importado certamente se deparou com a Xiaomi, uma das maiores empresas do mercado Chinês. Mas será que os aparelhos dela são realmente bons? É disso que eu vou falar hoje! E para isso, vamos passar pela história da marca e analisar cada um dos MUITOS modelos que estão no mercado atualmente, checando a qualidade e o custo benefício de cada um, afinal, podem existir modelos com melhor custo benefício dentro de uma ...
9 Pontuação Final
CONCLUSÃO

E com isso passamos por todos os modelos da Xiaomi. A marca é boa? Sim, no geral ela entrega equipamentos muito mais completinhos e bem acabados que suas concorrentes, principalmente ali entre 100 e 200 dólares. No segmento de intermediários ela ainda consegue brigar com modelos como o mi5 e mi6. Mas a verdade é que empresas como a One Plus e huawei estão entregando muito mais em questão de design, inovação e câmera acima dos $300 dólares tornando a xiaomi uma opção, mas não a melhor.

User Rating: 3.57 (10 votes)

bot-descontech

Nenhum Comentário

    Deixe seu Comentário!