Zenfone 5Z vs OnePlus 6: nacional contra importado

O OnePlus 6 ficou extremamente conhecido por sua velocidade, responsividade e preço mundo a fora. Em sua sexta versão ele não é tão mais barato assim e precisa ser importado. O Zenfone 5Z soluciona alguns desses problemas com homologação nacional e um Snapdragon 845 com melhor custo benefício com o dólar à 4 reais. Nesse cenário qual vale a pena? É o que vou tentar te explicar hoje colocando os dois modelos frente à frente.

Design

Os dois modelos certamente têm uma aparência de aparelho “topzera” econômico de 2018: notch, USB-C e entrada P2. O corpo em metal prensado entre duas placas de vidro também aparece nos dois equipamentos e nenhum deles tem carregamento sem fio, nem IP68.

Só que a pegada deles é bem diferente. No OnePlus 6 o vidro traseiro é mais curvado, se integrando de maneira mais homogênea com o resto. Ele é ligeiramente mais ergonômico, e sinceramente, acho que lembra o design do Galaxy S9 na pegada, apesar de ainda ter um ar único e a capinha criar um design ainda mais diferente com essas bordas mais levantadas que não deixam a tela pegar na mesa. Outro ponto alto do OnePlus 6 é o botão de silenciar, uma feature que lembra a Apple e que eu adoro.

O Zenfone 5Z tem uma pegada bem quadrada que eu também gosto. É diferente. Ele é também uns 2 centímetros mais baixo e tem todos os seus botões do lado direito, seu notch é um pouco maior com ícones ainda mal otimizados para a função, e felizmente, uma qualidade de áudio bem melhor que o OnePlus 6, tanto em sua base quanto no conjunto presente no notch que torna-o estéreo.

O som aguenta graves numa boa, e mesmo sem ser um audiófilo maluco você vai notar a diferença. Esse é um ponto forte do aparelho da Asus, principalmente pra quem gosta de assistir Youtube ou Netflix em casa sem fone de ouvido.

Tela e software

Justamente por ser mais alto, o OnePlus 6 tem uma tela maior. O display amoled dele tem 6,3 polegadas com proporção 19:9, contra 6,2 polegadas do Zenfone 5Z com 18,7:9.

Temos um destaque para o Zenfone na parte de ajuste de tela. Não só o LCD entrega uma cor mais natural, como é possível ter mais opções através do Splendid, aplicativo proprietário da Asus que oferece várias opções de ajuste. Apesar de bem servido de opções, eu particularmente acho a tela amoled melhor para o meu uso, com ângulos de visão melhores, e claro, com a possibilidade de realmente esconder o notch através do preto realmente preto, coisa que não ocorre no Zenfone 5Z, que também deixa vazar um pouquinho de luz na região.

Essa falta de opções é uma das poucas falhas da OxygenOS, já que no resto é uma das melhores customizações de Android – bem limpa, leve, rápida e sem aplicativos em excesso.

Em contraste, a ZenUI é uma customização bem abrangente, cheia de aplicativos e funções, e que finalmente está bem otimizada para desempenho – coisa que a OxygenOS sempre teve como foco. Agora, se por um lado a OxygenOS mantém atualizações consistentes e com updates reais, a ZenUI traz uma grande aposta em AI (inteligência artificial), como maneira de dar uma apimentada no sistema operacional, alguns exemplos são o “AI Charge”, ”AI Camera” e “AI Boost”.

Desempenho e bateria

Para testar a velocidade colocamos eles lado a lado e abrimos alguns apps, e os dois ficaram muito próximos, principalmente nos apps mais pesados. Como estamos tratando de dois flagships, o ideal é usar ferramentas de benchmark para tentar achar algum detalhe que passa despercebido, até porque a velocidade de memória RAM e armazenamento também está bem parelha – os dois entregam bons componentes.

Depois de rodar o Antutu benchmark algumas vezes vimos uma certa superioridade do aparelho da OnePlus, mas quase toda a diferença na pontuação vem de uma cena 3D, e dá mesmo pra ver que ela roda bem mais suave no OnePlus 6.

No geekbench 4 a diferença é menor mas ainda existe, então é realmente questão de detalhe. No nosso caso, usamos a versão de 8GB do OnePlus 6 contra a de 6GB do Zenfone 5Z, então não estamos comparando uma segunda rodada de abertura.

Nos testes de bateria e carregamento a história se repete. Os aparelhos continuam extremamente parecidos, mas o OP6 ainda tem uma pequena liderança. Com 3300mAh, os dois equipamentos conseguem chegar no final do dia sem problema, mas o OP6 entrega uma média de 7 horas 30 de tela contra 7 horas do 5Z. De novo, a diferença é bem pequena e pode passar despercebida.

Onde os dois brilham mesmo é no carregamento rápido. Os primeiros 50% vão em 30 minutos e o carregamento total é finalizado em 1 hora e 20 poucos minutos. A Asus ainda tem como diferencial o “AI Charge”, que aprende seus hábitos de carregamento para aumentar a vida útil da bateria, limitando o tempo que ela fica em 100% na tomada, e outro daqueles recursos que pode demorar um tempo pra fazer diferença.

Câmera traseira e frontal

No papel, o OnePlus 6 parece ser bem melhor, sensores de 16mp na principal e na selfie, mas o 5Z com sua resolução menor não fica muito pra trás não.

Primeiro que ter 12 megapixels na traseira é mais uma escolha voltada para fotos em baixa luz do que realmente uma perda. As fotos no 5Z tem tanta profundidade natural quanto no OP6 e apesar dos dois trabalharem com um HDR um pouco mais exagerado que a média, o 5Z vai mais forte nesse quesito. É questão de opinião, mas ainda gosto mais do OP6 nesse ponto.

No modo retrato, proporcionado pela segunda câmera, eu já gosto mais do Zenfone 5Z que me permite um ajuste rápido de profundidade e que tem um corte mais seco. Acho mais útil também a câmera de ângulo aberto presente no Zenfone, então tirando o fato de que o vídeo está bugando, vira e mexe o Zenfone entrega fotos bem parelhas senão melhores e uma bela gama de opções em vídeo – é esperar chegar atualização.

Conclusão

Conforme passamos por todos os pontos, fica claro que com o dólar em alta deixa o Zenfone 5Z valendo bem mais a pena porque com quase o mesmo preço você tem assistência técnica e suporte aqui no Brasil.

Eles basicamente tem quase as mesmas características, com um software mais limpo e câmera zoom no OnePlus 6 e mais customizações e câmera wide no Zenfone 5Z.

Presença de p2, carregamento extremamente rápido, boas câmeras pra fotos e desempenho são os destaques dos aparelhos. Então a escolha vira basicamente gosto.

Diga o que você achou

Leave a reply