OnePlus 5T ainda vale a pena? Análise completa

Uma marca chinesa que vem se sobressaindo desde seus primeiros lançamentos é a OnePlus. Seu modelo 5T chega até mesmo em mercado grandes como os Estados Unidos como uma opção custo benefício de celulares topo de linha. Bonito ele é, mas será que vale a pena?

Design

Diferente de alguns outros modelos importados mais simples, o OnePlus já impressiona na embalagem e no design, minimalista ao mesmo tempo em que é confortável. Muitos comentaram já no OnePlus 5 que a parte de trás lembrava bastante o iPhone 7, principalmente pelo posicionamento de câmera e das antenas, mas na boa, não acho que seja problema, ou nem que seja algo para se importar.

O telefone é simplesmente bonito e ponto. Aliás, essa cor vermelha que temos por aqui é realmente de se impressionar. A OnePlus é bem conhecida por trazer versões especiais de todos os modelos. No 5T tivemos tanto esse modelo vermelho como o sandstone white, que saiu a pouco tempo e tem fabricação limitada.

Um ponto que teve como referência o iPhone e que me agrada bastante é o botão lateral que liga e desliga o modo silencioso, algo extremamente útil. Ele está localizado no lado esquerdo, junto dos botões de volume, já que as bandejas de chip e cartão micro SD, além do botão de liga e desliga, ficam no lado direito.

Vale comentar também que uma capinha transparente já vem na caixa, o que é legal, mas eu aproveitaria o grande mercado de cases que esse aparelho conquistou, para ter algo mais divertido.

Basicamente, o 5T é a versão 18:9 do OnePlus 5, que usa uma tela com proporção 16:9 ( dezesseis por nove ). Então grande parte do design e da localização dos botões permanecem a mesma. O que muda mesmo é o sensor de digitais que passou para a traseira para dar espaço para a tela, e que continua bastante rápido.

 

Uma opção e um grande diferencial do OnePlus 5T no entanto é o face unlock, ou reconhecimento facial, que é rápido a ponto de eu nem perceber que existe uma tela de travamento. Ele também entende quando você está de olho fechado, mas infelizmente, não reconhece sem óculos.

O aparelho continua com entrada p2, uma ótima notícia em um mundo em que até mesmo uns celulares vagabundos da China tiram a entrada. Até por isso, o aparelho não acompanha adaptador, mas também vem sem fones de ouvido.

Tela

Um dos principais fatores de compra para o OnePlus 5T é a sua tela de 6 polegadas com proporção 18:9. Sim, muitos aparelhos já estão com configuração semelhante, mas ele conta com resolução FullHD e tecnologia Optic Amoled para entregar ótimos níveis de cores, contraste e brilho de tela que batem de frente com os outros flagships.

Quando colocado lado a lado com o Galaxy S8 que tem uma resolução maior, com 1440p, o OnePlus 5T fica sim um pouco para trás, mas sinceramente, eu não me importo tanto assim com esse ponto e trocaria fácil se visse outros benefícios.

Vale comentar que temos um grande número de opções de cor e temperatura de tela, o que é muito legal para aqueles que querem editar fotos no celular.

O equipamento não contém proteção contra água e poeira, uma característica bastante prezada por alguns usuários mas que pode facilmente ser tirada para melhorar o custo do aparelho. Como todo desastrado, prefiro ter minha consciência limpa quando saio de casa, tenho até medo de estar acostumado com IP68 e acabar molhando o 5T por esquecimento.

Desempenho

O OnePlus 5T conta com um Snapdragon 835 e opções de 6GB ou 8GB de RAM. Todos os equipamentos contam com boa velocidade de leitura e gravação, e isso ajuda no desempenho, que é provavelmente a palavra chave do 5T. Basicamente você vai rodar o que quiser com gráfico no máximo. Só agora com o lançamento do Snapdragon 845 que temos algo melhor, mas ele fica sem dúvida entre os mais rápidos que já utilizei.

Muito disso está atrelado ao sistema operacional da marca, o OxygenOS. Apesar de ter uma cara um pouco mais puxada para o Android puro, ele também traz uma boa gama de opções e atualização rápidas.

O Android Oreo chegou no 5T em janeiro de 2018, por exemplo. Inclusive os modelos 3 e 3T continuam recebendo atualizações e incrementos até mesmo em sua câmera alguns anos depois de seu lançamento.

Acho que a primeira coisa que você percebe ao usá-lo é como as transições foram enxugadas e otimizadas para que o sistema pareça mais rápido. Logo de cara é possível escolher qual fonte utilizar e na boa, as duas deixam o celular muito bonito.

Temos algumas funções legais como a possibilidade de mapear atalhos para botões quando apertados e segurados, e também as customizações de gestos, como silenciá-lo ao virar a tela pra baixo.

O modelo mais barato vem com 64GB de armazenamento interno que sobe para 128GB nos modelos de 8GB de RAM. Vale ressaltar a boa velocidade do armazenamento, que ajudam bastante no desempenho.

Som e bateria

O som sai tanto pela parte de baixo do aparelho quanto pelo alto falante acima da tela, que tem um volume muito inferior ao de baixo, então é um stereo meio capenga, mas é. Só percebo que o outro funciona quando tampo o inferior, e olha, isso ocorre com boa frequência.

O aparelho funciona com as principais redes 4G do país, tem um GPS que não me deixou na mão e esse carregamento rápido que é sensacional.

Basicamente, o carregador de 20W consegue levar os 3300mAh de 0 a 60% em 30 minutos e de 0 a 93% em uma hora. É o celular mais rápido. Isso provavelmente tem implicações na vida útil da bateria a longo prazo, mas é extremamente útil, até porque a bateria do aparelho não fica acima da média, entregando 6h30m de tela em média.

Câmera traseira e frontal

A traseira conta com uma lente principal de 16 megapixels e abertura f1.7 e uma segunda lente utilizada apenas para o modo retrato com 20 megapixels de resolução e mesma abertura. Em boa e média luz essa câmera vai muito, mas muito bem, se compararmos com os principais topos de linha do mercado.

Ela só fica realmente para trás quando vamos para algum lugar mais escuro. Na comparação com o S8, por exemplo, o 5T perde informação de cores e pode granular mais em alguns momentos. Isso não quer dizer que é ruim, mas que ainda não o supera.

Felizmente, a segunda câmera não é de brinquedo e permite a realização do modo retrato, que funciona bem até mesmo em média luz. Apesar de não dar a opção de ajustar o desfoque do fundo, como acontece no Galaxy Note 8, o 5T foi uma das melhores experiências que tive com essa função, brigando de frente até mesmo com o Galaxy S9 Plus.

O sensor tem uma estabilização via software que funciona extremamente bem quando você está usando o modo FullHD a 30 quadros, mas que perde todo o desempenho conforme alternamos para FullHD 6o quadros ou 4K. De qualquer forma o foco é rápido e é possível conseguir bons resultados.

Para vloggers e maníacos por selfies eu fiquei bastante surpreso com a câmera frontal do 5T, que possui 16 megapixels de resolução, abertura f2.0, HDR e estabilização via software. Apesar dela não fazer 4K, como o Zenfone Selfie Pro em vídeo, sua definição e qualidade mesmo em média luz tornam o one plus uma opção bem legal para se auto gravar. Muitos pontos para o OnePlus por essa câmera frontal bem regulada em exposição.

Conclusão

O que eu acho mais interessante no OnePlus 5T é que mesmo ele sendo uma opção mais barata de flagship, trouxe diferenciais claros sem abrir mão de outras configurações importantes como a LG sempre faz.

Tanto o desbloqueio facial quanto o carregamento extremamente rápido são difíceis de achar em outros modelos e mesmo assim ele é redondo em todos os outros aspectos.

Recomendo demais o OnePlus 5T se você é desses que curte importar e não tem medo de ficar sem garantia. As câmeras são bem boas e você só percebe que fica um pouco pra trás na hora de colocar lado a lado com um S8, S9 ou um iPhone 8.

Fora isso, a frontal é boa pra caramba e a traseira vai bem. Não vou tecer mais elogios não. Só dizer que vale a pena mesmo.

8.5 Total Score
OnePlus 5T

Com a mesma proposta de desbancar aparelhos topos de linha, a OnePlus traz seu modelo 5T recheado de novidades e com ótimo desempenho, praticamente o pacote completo pelo preço.

User Rating: Be the first one!
Diga o que você achou

Leave a reply